Conhecimento | Vai Ser Rimando
Categoria

Conhecimento

Uma parte de todo conhecimento necessário a qualquer membro da cultura Hip Hop.

Mulheres na Revista Time

Mais uma vez, um homem é a “Pessoa do ano” da revista TIME

por

Nesta semana, a revista estadunidense TIME publicou sua escolha anual para “Pessoa do ano”: o Papa Francisco. Nada pessoal contra o pontífice, mas a predominância de escolhas masculinas colocou a revista definitivamente sobre um microscópio na questão dos sexos. De todas as 86 edições, iniciado em 1927, as mulheres só aparecem em 5 (sem contar os anos em que grupos e ações que reuniram homens e mulheres foram escolhidos), como bem levantou o Mashable; não à toa, até 1999, a premiação era chamada de “Homem do ano”. Além disso, 2 das 5 vencedoras só foram eleitas por suas relações com homens, como reitera a matéria: Duas dessas mulheres ficaram famosas por suas relações com um homem líder mundial. Wallis Simpson, que (…)

Fala mais

Microagressões Raciais

Sites publicam “microagressões raciais” que você ouve no dia a dia

por

Na última segunda-feira (9), o Buzzfeed, um site popular mundialmente por fazer listas de um determinado assunto, publicou as “21 microagressões que você escuta no dia a dia”. A lista foi resultado de um projeto feito pela fotógrafa Kiyun, que reuniu seus amigos do Centro Lincoln da Universidade de Fordham e pediu a eles que escrevessem em um cartaz uma “microagressão racial” que viveram. Perguntas como “O que é você?” e afins a pessoas com aparências mistas foram as mais comuns; “Você não age como uma pessoa negra” ou “Você é realmente bonita… para uma pessoa de pele negra” também estavam na lista. Embora foquemos muito na questão entre negros e brancos, as agressões a asiáticos ou pessoas com tal descendência (…)

Fala mais

Camila Pitanga e Lázaro Ramos

Preconceito padrão FIFA: entidade veta apresentadores negros no sorteio da Copa 2014

por

No dia 6 de dezembro, a FIFA realiza na Costa do Sauípe, na Bahia, o sorteio para a Copa do Mundo de 2014, que acontecerá aqui mesmo no Brasil. Para apresentar o evento, a entidade escolheu Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert. Embora pudesse se discutir a melhor representação do nosso país por um casal negro, não haveria um real problema com a escolha. Entretanto, segundo o blog “Radar on-line”, da Veja, a Globo, emissora onde ambos trabalham, havia indicado primeiramente Camila Pitanga e Lázaro Ramos, que a FIFA teria vetado. Seria apenas coincidência o veto de um casal negro e a escolha por um casal branco para apresentar um evento transmitido ao vivo para 193 países? Vale lembrar que em 2010, na (…)

Fala mais

Youtube Educação

YouTube Educação: site disponibiliza gratuitamente vídeos com conteúdo escolar em português

por

Se você precisa fazer uma pesquisa, de um reforço escolar ou de acesso à educação que lhe foi negada durante toda vida, o YouTube apresenta uma ferramenta que pode quebrar um galho enorme: o YouTube Educação (ou “Edu”, como popularmente tem sido chamado). Em uma página especial, o site reuniu os vídeos mais populares com informações e explicações sobre Língua Portuguesa, Matemática, Química, Física e Biologia; por enquanto, o nível é de Ensino Fundamental e Médio, mas vídeos do Superior devem ser adicionados em breve. – Acesse e conheça o YouTube Educação. E, não pense você que foram disponibilizados quaisquer vídeos, não. A escolha foi feita por professores especialistas e altamente capacitados, selecionados e coordenados pela Fundação Lemann, uma instituição sem fins (…)

Fala mais

Documentário da Semana do CQC sobre racismo no Brasil

Na “Semana da Consciência Negra”, CQC expõe o racismo no Brasil

por

Na última segunda-feira (18), o CQC exibiu em seu “Documento da Semana” uma matéria sobre o racismo no Brasil, comandada pelo Ronald Rios e produzida pela Eyeworks Cuatro Cabezas, a mesma produtora do programa “A liga”, ambos da Band. O “documento” foi especial para a “Semana da Consciência Negra”, que embora não tenha uma data específica, rodeia sempre o “Dia da Consciência Negra“, que foi comemorado na quarta-feira seguinte, dia 20 de novembro. Além de apresentar dados sobre as diferenças salariais e sobre a taxa de mortalidade extremamente maior dos jovens negros, entre outros, o programa também conversou com o povo e alguns especialistas na área. “6 da manhã, a mãe sai com a criança, que não pode deixar em casa (…)

Fala mais

Criança negra lendo livro

10 anos depois de lei, ensino da cultura negra nas escolas avança pouco

por

A cultura negra está na raiz do nosso país. Não apenas na construção física por parte dos escravos, mas em nossa tradição e nossa história; nossos “heróis” são negros. E como perpetuamos isso? De acordo com a BBC Brasil, mesmo com a lei 10.639, que determina o ensino da cultura afro-brasileira, promulgada há 10 anos, os avanços são mínimos. “O levantamento mostrou que há avanços. Mais da metade das escolas trabalham o tema. Mas na maior parte dos casos, é geralmente iniciativa isolada de um professor que gosta do tema. E também há o problema da descontinuidade. Se o professor deixa a escola, muitas vezes o assunto deixa de ser abordado”, afirmou à matéria Rafael Ferreira da Silva, Coordenador do Núcleo de (…)

Fala mais

Por Que o Senhor Atirou em Mim?

“Por que o senhor atirou em mim?”: ato contra violência policial tem participação do Emicida

por

No último dia 13, aconteceu em São Paulo o ato “Por que o senhor atirou em mim?”, uma manifestação contra a violência policial, principalmente em jovens da periferia. O ato é inspirado na morte de Douglas Rodrigues, de 17 anos, que teria feito a pergunta ao soldado que o acertou, sem motivo algum. Entretanto, a presença de vários pais que também perderam seus filhos de maneira semelhante mostra que o caso de Douglas era apenas um símbolo para o movimento. – Dilma se pronuncia sobre morte de adolescente: “violência contra a periferia é a manifestação mais forte da desigualdade no Brasil”. “O ato iniciou em frente à escola onde Douglas estudava, passou pelas casas do pai e da mãe e também (…)

Fala mais

Filmes para refletir a Consciência Negra

“Dia da Consciência Negra”: 20 filmes para refletir

por

Nesta quarta-feira (20), é celebrado no Brasil o “Dia da Consciência Negra”, com feriado em algumas cidades; a data foi escolhida em homenagem a Zumbi dos Palmares, falecido neste mesmo dia, em 1695. A celebração é simbólica e é importante para que reflitamos a história e a cultura negra na nossa sociedade, já que ela foi sempre tão denegrida. – 10 filmes que têm nada a ver com RAP, mas que todo fã de RAP deveria assistir. Para nos ajudar nesse pensamento, existem vários filmes que trazem reflexões importantes. Por isso, fizemos uma lista, com a ajuda da Revista Fórum, com 20 exemplos que você deveria assistir. 20 filmes para o “Dia da Consciência Negra”: A cor púrpura (The color purple, (…)

Fala mais

Violência contra negros no Brasil

Taxa de mortes violentas entre negros é mais que o dobro de taxa entre não negros

por

Não é necessário chegar o “Dia da Consciência Negra” para percebermos o quanto o racismo ainda é evidente nos dias de hoje, embora muitos acreditem que ele não exista. No papel, talvez, o racismo tenha acabado, com leis teoricamente justas. Entretanto, a aplicação dessas mesmas leis na prática, que é onde realmente importa, é completamente oposta. Depois da confirmação que trabalhadores negros recebem salários 36,1% menores que não negros, agora um estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostra que a cada três homicídios no Brasil, em dois a vítima é negra. A própria pesquisa aponta o racismo como a maior causa dessa diferença, sendo que toda violência a mais contra negros reduz sua expectativa de vida no Brasil em (…)

Fala mais

Boné 4:20

Ataque à liberdade: bonés “4:20” são apreendidos por apologia

por

Se os bonés com a inscrição “4:20” tem se tornado cada vez mais populares, existe uma outra moda que segue a mesma onda: a apreensão dos mesmos. Em Nova Serrana/MG, a Polícia Civil alega apologia ao uso de drogas. A perseguição na cidade é tanta que as variações “4:19” ou “8:40” também estão sendo levadas. Segundo o delegado Diógenes Caldas, as apreensões se enquadram no artigo 287 do Código Penal Brasileiro (“Fazer publicamente apologia de fato criminoso ou de autor de crime”). “Já foram apreendidos mais de 50 bonés desse tipo recentemente na cidade, no dia a dia mesmo. Essa moda não é uma simples brincadeira, é um crime, embora de menor potencial ofensivo. Já tivemos caso de uma pessoa que veio (…)

Fala mais

Filmes para fãs de RAP

10 filmes que têm nada a ver com RAP, mas que todo fã de RAP deveria assistir

por

Assim como o RAP, a maioria dos filmes também tem, além de uma bonita arte, uma importante mensagem pra passar. É claro que, assim como o RAP, filmes podem passar mensagens diferentes pra pessoas diferentes. Como fãs de RAP, temos o costume de “ver RAP” em todo lugar e por isso vamos dividir um pouco dessa visão com vocês. É verdade que qualquer coisa pode vir a ser uma letra, mas em alguns filmes temos informações que podem não apenas completar um verso, mas inspirar um som inteiro; aliás, muitos da lista já o fizeram. Critérios para a lista: filmes que passam mensagens semelhantes às mensagens que gostaríamos de ver/vemos no RAP; filmes que passam mensagens importantes para um fã (…)

Fala mais

Negros, racismo e o trabalho escravo

“O racismo acabou”, mas trabalhadores negros recebem salário 36,1% menor

por

A ironia encontrada no título é, na verdade, a realidade que vivemos no Brasil. Boa parte das pessoas acreditam que o racismo não existe mais, por existirem leis de proteção e pela liberdade de ir e vir (ambas ilusórias, diga-se de passagem). Acabam até maquiando o racismo para parecer qualquer outra coisa, assim continuam acreditando que não são racistas. Como diria o Gabriel o Pensador: “o racismo é burrice, mas o mais burro não é o racista, é o que pensa que o racismo não existe.” Entretanto, ele não só existe como está na fundação de nossa sociedade. Se a renda mensal é fator importantíssimo para um bom estudo, boa alimentação e uma vida decente, como explicar tamanha disparidade no mercado (…)

Fala mais

Por Que o Senhor Atirou em Mim?

Por que vocês atiram em nós: rappers participam de vídeo-manifesto contra violência policial

por

Neste domingo (10), a campanha “Por que o senhor atirou em mim?” contra a violência policial ganhou mais um capítulo importante: um vídeo-manifesto com a presença de vários artistas e movimentos sociais. Entre eles, Dexter, Emicida, DJ Kl Jay, Black Alien, Rashid, Projota, Rael, Flora Matos, Max B.O e o poeta Sérgio Vaz representaram forte a poesia das ruas. Embora a violência policial contra a periferia já dure anos, a campanha é inspirada na morte de Douglas Rodrigues, de 17 anos, ocorrida no último dia 17. Ao ser atingido pelo soldado Luciano Pinheiro, na Vila Medeiros, na Zona Norte de São Paulo, o jovem, segundo sua mãe, teria proferido a pergunta; o policial militar alega ter sido um “disparo acidental” e está afastado (…)

Fala mais

Eduardo

Eduardo fala sobre descoberta da literatura: “existe o Eduardo antes e depois”

por

Na última terça-feira (5), uma entrevista em vídeo com o Eduardo, ex-Facção Central, foi divulgada na Internet; gravada em Santo André/SP, as perguntas foram feitas por um estudante do ensino médio, na rua. O rapper começou falando sobre a precariedade da educação no território nacional, assunto que já levantou inúmeras outras vezes e é extensamente debatido, direta e indiretamente, através do seu livro, “A guerra não declarada na visão de um favelado“. “Você tem uma política educacional de exclusão, de evasão educacional. Então, é um desestímulo não só pro professor que trabalha, trabalha e é proibido de fazer o aluno evoluir, como também é um desestímulo pro aluno que tá ali o tempo todo e não vê uma transformação real (…)

Fala mais

Brasil tem mais de 11 milhões de favelados, revela IBGE

por

Depois de uma pesquisa recente mostrar que apenas 1,6% dos moradores de favelas possuem ensino superior completo,  agora é a vez pesquisas mostrarem quantos moradores residentes em favelas existem atualmente no Brasil e reforçar a ideia de profunda desigualdade social perpetuada em nosso país. Segundo dados divulgados pelo IBGE de uma pesquisa nomeada Aglomerados Subnormais na última quarta-feira, o país possuía cerca de 3,2 milhões de domicílios em áreas à margem das regras do planejamento urbano em 2010, equivalendo a um número próximo a 11.425.644 de pessoas. De acordo com a pequisa, a denominação “aglomerado subnormal” remete a “uma área ocupada irregularmente por certo número de domicílios, caracterizada, em diversos graus, por limitada oferta de serviços urbanos e irregularidade no padrão (…)

Fala mais

Jornal Boca de Rua

“Vozes de uma gente invisível”: minidocumentário conta história de jornal feito por moradores de rua

por

Estamos cercados de pessoas socialmente invisíveis. Mágica? Muito pelo contrário: triste realidade de milhares de moradores de rua pelo país. Se são visíveis a olho nu, a sociedade desconhece. Entretanto, nem todos pensam assim. As jornalistas Rosina Duarte e Clarinha Glock, por exemplo, resolveram transformá-los em colegas de profissão e idealizaram, ainda em 2001, o “Boca de rua”, o único jornal do Brasil feito por moradores de rua. Pra contar essa história, na última quarta-feira (6), foi disponibilizado o minidocumentário “Vozes de uma gente invisível”, que traz depoimentos e explica como a produção funciona. Até agora, mais de 150 pessoas passaram pelo jornal e cerca de 70 já deixaram de morar nas ruas; atualmente, o jornal tem 30 integrantes e circula a cada (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com