Conhecimento | Vai Ser Rimando
Categoria

Conhecimento

Uma parte de todo conhecimento necessário a qualquer membro da cultura Hip Hop.

TED Talks: Malcolm London: “Campo de treinamento escolar”

por

TED, sigla para Technology, Entertainment, Design, ou Tecnologia, Entretenimento, Design, quando traduzido para o português, é uma fundação privada sem fins lucrativos dos Estados Unidos conhecida por suas inúmeras conferências ao redor do mundo, destinadas à disseminação de ideias. Segundo a própria organização, seus eventos são realizados “para difundir ideias que merecem ser compartilhadas”. Suas palestras disponíveis na internet já ultrapassaram o número de 100 milhões de visitas, sendo vistas por mais de 15 milhões de pessoas ao redor do mundo. Abrangendo integralmente ideias que necessitam ser compartilhadas e que de alguma forma possuem uma força de mudança, o TED destina o TED Talks Education para realizar palestras voltadas à re-invenção da educação, para que realmente seja ela adaptada a (…)

Fala mais

Chomsky e as 10 Estratégias de Manipulação Midiática

por

Avram Noam Chomsky, mas conhecido como Chomsky, é um conhecido linguista, filósofo e ativista político estadunidense, caracterizado como uma das personalidades mais conhecidas da política de Esquerda mundial, tendo descrito a si mesmo como Anarquista, mais especificamente na corrente do Anarcossindicalismo. Crítico profundo dos meios de comunicação de massa, Chomsky elaborou as 10 estratégias de manipulação midiática, confira: 1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO. O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distrações e de informações insignificantes. A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público de (…)

Fala mais

Quem é Conte Lopes?

por

Aos ouvidos mais atentos no Rap, o nome pode soar familiar, já para outros, pode ser totalmente desconhecido. Quem é Conte Lopes? Este emblemático nome é citado em diversos trechos de Rap brasileiros, como “Fala Que É Nóis“, do Trilha Sonora do Gueto, “Tá Na Hora“, Consciência Humana, “Alô Polícia“, Império Z/O, “Informante“, De Menos Crime e muitos outros sons, mas afinal, de quem se referem? Nascido em 14 de Maio de 1947, em São Paulo, Roberval Conte Lopes Lima, mais conhecido por Conte Lopes, é um polêmico político e ex-policial militar brasileiro, antigo 2º tenente da ROTA, (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), e responsável de acordo com ele mesmo, pela morte de cerca de 150 pessoas durante seus anos (…)

Fala mais

Letra de RAP usada como prova criminal

Letras de RAP são usadas para condenar jovem nos EUA

por

Nos Estados Unidos, Vonte Skinner, acusado de tentativa de homicídio, foi condenado a 30 anos de prisão; letras de RAP escritas por ele foram aceitas pelo juiz como provas criminais. Sem a arma do suposto crime ter sido encontrada e com depoimentos vacilantes das testemunhas, as letras parecem ter tido peso na condenação. Este não é o primeiro caso em que letras de RAP foram usadas como provas; a  União Americana pelas Liberdades Civis registrou 17 outros no país todo. “O rap é o único gênero musical que é alvo das cortes dos EUA. Há um problema claro de dois pesos, duas medidas’: se os tribunais não consideram que outras formas de expressão artística podem ser usadas como prova de crime, por que (…)

Fala mais

Casa do Hip Hop, em Diadema/SP

Vídeo denuncia abandono da Casa do Hip Hop de Diadema, em São Paulo; DJ Dan Dan esclarece o assunto

por

Na última segunda-feira (20), surgiu na Internet um vídeo que mostra o abandono da Casa do Hip Hop de Diadema, São Paulo, com mato alto e lixo que acumula e se espalha ao redor. Fundada em 1999, a Casa pode ser considerada um dos pilares do Hip Hop Brasileiro, não só pelo número de eventos e conhecimento que ela acumula, mas também por ser a grande inspiração para a construção de outras Casas pelo Brasil. Por isso, as imagens chocam; desperdiça-se um espaço que poderia ser usado de inúmeras formas para ajudar a nossa juventude tão carente de cultura e perde-se uma parte da história do Hip Hop no país. Jakeline Brancajacks, usuária que publicou o vídeo, credita o abandono (…)

Fala mais

Documentário sobre o Hip Hop em Nova Friburgo/RJ

“Na Serra tem veneno”: assista a documentário sobre o Hip Hop em Nova Friburgo/RJ

por

No último domingo (12), caiu pra Internet um minidocumentário sobre o Hip Hop em Nova Friburgo/RJ, intitulado “Na Serra tem veneno”. Como o próprio título sugere e é reforçado já no início do vídeo, a produção visa ressaltar o trabalho não apenas da cidade especificamente, mas de toda Serra Fluminense, que inclui cidades como Teresópolis, Petrópolis e outras. As filmagens são basicamente compostas por depoimentos dos MCs e integrantes da cultura de rua local. Além de contar como conheceram e começaram a interagir dentro do Hip Hop, os entrevistados também comentam os eventos e o crescimento da cultura na região. “Na Serra tem veneno” foi produzido por Miguel Santos e Fábio FG.

Fala mais

Inauguração Sala do Conhecimento King Nino Brown

Hip Hop do Vale do Paraíba inaugura “Sala do Conhecimento” e homenageia King Nino Brown

por

O Hip Hop é a cultura da liberdade. Não há muita limitação e muito menos regras com o que pode ser considerado pertencente à cultura de rua. Não à toa, muitos defendem que ela possui inúmeros elementos. Popularmente, MC, DJ, Grafite e Break são os pilares, reforçados pelo Conhecimento, que é defendido principalmente por Afrika Bambaataa como fundamental para qualquer atividade do Hip Hop. Por isso, em setembro do ano passado, os integrantes da cultura de rua de Jacareí, no Vale do Paraíba, em São Paulo, inauguraram a “Sala do Conhecimento”, um espaço com acervo de mais de 6 mil títulos entre livros, revistas, jornais, discos, etc. O intuito é ser um centro de referência de cultura negra e urbana, integrando crianças, (…)

Fala mais

Tupac

Musical de Tupac chega a Broadway em 2014

por

Quase 18 anos depois de sua morte, o nome Tupac Shakur ainda simboliza muita admiração e rende inúmeras produções. Citado por 10 em cada 10 de seus colegas, o rapper agora terá suas músicas envolvidas em um outro projeto: um musical que estreará na Broadway em junho de 2014, com pré-estreias em maio. Embora conte com os sons “California Love”, “Keep Ya Head Up”, “Me Against the World” e “Holler If Ya Hear Me”, que dá nome ao musical, a história contada não será necessariamente sobre Tupac, mesmo que tenha produção de sua mãe. Escrito por Todd Kreidler, o roteiro é sobre dois jovens amigos que lutam para alcançar seus sonhos em um distrito pobre de uma cidade industrial do meio-oeste (…)

Fala mais

Racismo no Brasil - Trote da UFMG

Lei “contra o racismo” completa 25 anos e… o que mudou?

por

Na última segunda-feira (6), a Lei 7.716, que define os crimes resultantes de preconceito racial, completou 25 anos e deixou uma reflexão na mente: o que realmente mudou de lá para cá? Criada pelo deputado Carlos Alberto de Oliveira, a lei determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Outras ações de tratamento diferenciado também tornaram-se puníveis. Entretanto, principalmente os negros, ainda sofrem diariamente com esse tipo de atitude. Pior, atitude que na grande maioria das vezes não é punida e torna-se apenas uma perpetuação do preconceito. Leia mais: – Matéria completa na Fórum; – Taxa de mortes violentas entre negros é mais que o dobro de taxa entre não negros; (…)

Fala mais

Escravos negros vendidos Mercado Livre

Usuário coloca “negros com diversas utilidades” à venda no Mercado Livre

por

Com o título de “Negros com diversas utilidades” e a foto de crianças negras sorridentes, um anúncio do Mercado Livre chama a atenção de Maria Rita, do Blogueiras Negras. Por R$1,00, qualquer um poderia dar lances para adquirir o “produto”, que, de acordo com a imagem, já havia sido comprado pelo menos uma vez. Leia mais: – Lei “contra o racismo” completa 25 anos e… o que mudou?; – Sites publicam “microagressões raciais” que você ouve no dia a dia; – Preconceito padrão FIFA: entidade veta apresentadores negros no sorteio da Copa 2014; – Taxa de mortes violentas entre negros é mais que o dobro de taxa entre não negros; – “O racismo acabou”, mas trabalhadores negros recebem salário 36,1% menor. Obviamente, o anúncio era (…)

Fala mais

Projeto Manobra do Bem da ONG Skate Social

“Manobra do bem”: skatista cria ONG e “educa” crianças através do esporte

por

Enquanto muito se discute sobre a melhor maneira de oferecer oportunidades aos jovens e crianças de baixa renda, o skatista Sandro ‘Testinha’ Soares e sua mulher Leila Vieira falaram menos e fizeram. Em Poá, na região metropolitana de São Paulo, criaram a Organização Não Governamental (ONG) “Social Skate” e começaram a desenvolver o projeto “Manobra do bem”; hoje, dão aula de skate aos sábados e acompanhamento pedagógico para cerca de 70 crianças e adolescentes. “Ficamos felizes com tudo isso. Sentimos a importância que temos para eles. Eu nunca fui um skatista de grandes manobras ou grandes títulos e a Leila começou a aprender a andar agora. Então, se for para compensar esta deficiência, acho que o que sentimos no final (…)

Fala mais

GOG e a Comissão de Cultura

GOG e Renegado debatem Projeto de Lei que visa reconhecer o Hip Hop como manifestação da cultura popular brasileira

por

No último dia 10, GOG e Renegado estiveram com a Comissão de Cultura para debater o Projeto de Lei (PL) 3/2011, do então deputado Maurício Rands (PT/PE), que visa reconhecer o Hip Hop como manifestação da cultura popular brasileira. No ano que vem, um relatório sobre o projeto deverá ser apresentado pela deputada Luciana Santos (PCdoB/PE), que, com o debate, tinha a intenção de colher as opiniões dos integrantes da cultura. – Outro Projeto de Lei: Romário quer regulamentar o Hip Hop. Entretanto, muito além de discutir apenas o PL, os convidados também deram suas opiniões sobre o ambiente no qual ele está sendo inserido. “De forma geral, todo mundo quer ser reconhecido. Só que existe uma contradição entre a homenagem e o (…)

Fala mais

Romário como DJ

Romário cria lei pra regulamentar o Hip Hop; integrantes da cultura de rua divergem

por

Na última semana, o mundo do Hip Hop Brasileiro deu uma balançada com um Projeto de Lei apresentado pelo ex-jogador e agora deputado federal Romário, que busca a regulamentação da cultura de rua. A ideia geral é que atividades como DJ, MC, Rapper (sim, há uma diferenciação entre MC e Rapper no Projeto), Beatbox, Dança de Rua e Grafite sejam reconhecidas pelo Ministério do Trabalho e possam até ser registradas em carteira de trabalho. Entretanto, com essa prerrogativa, surgem algumas obrigações: apenas maiores de 18 anos podem exercer a profissão (salvo aprendizes e estagiários); é necessário um curso técnico para exercer qualquer uma das profissões citadas; obrigações quanto às horas de trabalho e dias trabalhos, etc. Embora boa parte dos (…)

Fala mais

José Mujica, presidente do Uruguai (Foto: Felix Lima/Folhapress)

Mujica bate de frente com a ONU e deve sancionar produção e venda de maconha no Uruguai

por

Na última terça-feira (10), o Senado uruguaio aprovou o projeto de lei que regulará a produção e a venda de maconha no país, por 16 votos a 13. Inédito no mundo, o projeto ainda terá de ser sancionado pelo presidente José Mujica nos próximos dez dias, para então ser implementado nos próximos 120. Diferente do que muitas pessoas pensam, o país não irá “liberar” a erva, mas sim permitir sua produção e venda sob algumas regras; a ideia é combater a guerra do narcotráfico que mata milhares de pessoas todos os anos na América Latina. Entre as regras estabelecidas, existem os limites de 6 mudas e 480 gramas por ano para um produtor doméstico e a compra máxima de 40 gramas (…)

Fala mais

Abdias do Nascimento

Abdias do Nascimento substitui ditador Costa e Silva em escola do Rio

por

Na última sexta-feira (13), completou-se 45 anos de uma das decisões mais terríveis da história do Brasil: a instituição do Ato Institucional nº 5 (AI-5) pelo então presidente Costa e Silva. Ponto alto da ditadura, o ato, que, de forma simples, dava todos os poderes aos governantes, duraria até 1978 e produziria não só grandes revoltas populares, mas sequelas de repressão que ficariam pra sempre. Talvez para “celebrar” a data, o Colégio Estadual Costa e Silva, em Nova Iguaçu (RJ), resolveu trocar de nome e passará a se chamar Colégio Estadual Abdias do Nascimento. Além do motivo óbvio de não homenagear um ditador, a troca também é fortalecida pelo conhecimento popular que diz que Costa e Silva não era tão chegado assim das (…)

Fala mais

Documentário 25 de julho - Feminismo Negro contado em primeira pessoa

Assista ao documentário “25 de julho” sobre o feminismo negro

por

Na última segunda-feira (9), Avelino Regicida disponibilizou na íntegra o documentário “25 de julho – Feminismo Negro contado em primeira pessoa”, do qual é diretor. Em pouco mais de uma hora, o trabalho fala sobre o feminismo negro, focando no desconhecimento da data em questão, que deveria celebrar o Dia da Mulher Afro-Latina-Americana, que foi criado em 25 de julho de 1992 durante o Primeiro Encontro de Mulheres Afro-Latinas Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingo, na República Dominicana. “O 8 de março é uma data festiva com muitas manifestações, mas o 25 de julho, não. Foi aí que surgiu a ideia do documentário: já que o evento não acontece, vamos fazer algo que divulgue o 25 de julho”, conta o documentarista ao Rede (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com