Conhecimento | Vai Ser Rimando
Categoria

Conhecimento

Uma parte de todo conhecimento necessário a qualquer membro da cultura Hip Hop.

Pesquisa mostra que apenas 1,6% dos moradores de favelas têm ensino superior completo

por

De acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) baseada no Censo 2010, apenas 1,6% dos moradores de favelas e de outros assentamentos irregulares possuem ensino superior completo, número bem inferior ao de locais considerados mais desenvolvidos, onde a porcentagem chega a 14,7%. A pesquisa apontou também que cerca de 86,9% dos estudantes residentes em favelas estudam em escola pública, contra 63,7% nos bairros tradicionais, onde há escolas privadas. “A dimensão das desigualdades entre favelas e outras áreas urbanas foi mostrada pela primeira vez em um estudo“, destacou Maurício Gonçalves, pesquisador da Coordenação de Geografia do IBGE, em entrevista coletiva. “Ter níveis de escolarização tão diferentes mostra dois mundos em um mesmo espaço“, disse o profissional. (…)

Fala mais

Marighella

44 anos depois de sua morte, Marighella recebe homenagem no local que foi assassinado

por

Nesta segunda-feira (4), completam-se 44 anos da morte de Carlos Marighella, que foi morto em uma emboscada policial. A Comissão da Verdade do Estado de São Paulo, Rubens Paiva e a viúva de Carlos Marighella, Clara Charf, fizeram um ato na Alameda Casa Branca, na região da Avenida Paulista, para lembrar a data, de acordo com o Brasil de Fato. No local em que o revolucionário foi assassinado foram colocadas flores e a inscrição “Marighella vive”. À matéria, a viúva relatou o acontecido naquele dia: “Ele veio se encontrar com os padres [frades dominicanos que simpatizavam com a causa] porque queria que ajudassem a tirar os perseguidos políticos do país pela fronteira. A polícia montou todo um esquema e transformou (…)

Fala mais

Mos Def se submete à alimentação forçada em protesto contra prisão de Guantánamo

por

A Prisão de Guantánamo, ou oficialmente Campo de Detenção da Baía de Guantánamo é um complexo prisional militar estadunidense que fica localizado em território cubano, na conhecida Baía de Guantánamo, ilha de Cuba, concedida aos Estados Unidos como estação naval em 1903 em troca do pagamento de 4.085 dólares por ano. Esta prisão coordenada pelo governo norte americano passou a ser mais conhecida após os ataques de 11 de Setembro, da qual resultou na morte de cerca de 3.000 civis americanos, depois de aviões se chocarem contra monumentos americanos. Com a “guerra ao terrorismo” declarada pelo então atual presidente da época, George Bush, as caçadas aos “terroristas” resultaram na prisão de inúmeros suspeitos, a maioria afegãs e iraquianos, acusados de (…)

Fala mais

Livro A Guerra Não Declarada na Visão de um Favelado, do Eduardo

Resenha: Livro “A guerra não declarada na visão de um favelado”

por

“A guerra não declarada na visão de um favelado” tem nada a ver com o Eduardo e isso foi um pequeno choque. Claro, quando um rapper escreve um livro em que se coloca como personagem principal, você espera que o RAP seja o principal tópico. Entretanto, esqueci de avisar às minhas expectativas que o Eduardo é muito mais que um rapper; Eduardo sempre usou o RAP como um meio para levar sua mensagem mais longe. O livro é exatamente isso! Eduardo utiliza o respeito conseguido no RAP para levar sua mensagem através do livro. Pode não haver um dado oficial, uma pesquisa sobre isso, mas garanto pra vocês que a maioria dos que compraram a publicação são fãs do Facção (…)

Fala mais

Hip Hop e Mano Brown são Tese de Doutorado – A Periferia Pede Passagem: Trajetória Social e Intelectual de Mano Brown

por

O Hip Hop é o som das ruas, escola e faculdade de muitos professores na área por aí, que continuando o ciclo, novamente ensinam e transmitem o conhecimento cultural agregado para que a cultura permaneça viva. Todos nós sabemos o valor cultural e também social que o Hip Hop possui, mais particularmente em áreas como favelas, comunidades e outras regiões pobres, chegando a ser mais que um gênero, e se equivalendo a um movimento sociocultural de discussões acerca de assuntos como cidadania, conscientização, mediação, denúncias e reflexões. E foi com base nisso que o Rogério de Souza Silva, da Universidade Estadual de Campinas – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, desenvolveu a tese de doutorado A periferia pede passagem : (…)

Fala mais

Das Ruas à Floresta, da Floresta às Ruas

por

Maio de 1998, Bretanha, região administrativa do oeste da França, três jovens fascinados pelas lendárias histórias Celtas, inspirados depois de lerem o livro “A Épica Irlanda Céltica“, de Jean Markale, decidem se juntar e formar um grupo que daria início a um inovador e diferente estilo musical que em poucas semanas estaria dominando o topo das paradas musicais, ruas e florestas da França. http://www.youtube.com/watch?v=4NRqSrPTPv8 Manau, este foi o nome do grupo escolhido pelo trio Martial Tricoche, Cédric Soubiron e Hervé Lardic, todos de nacionalidade bretã. O nome “Manau” veio por causa de seu significado em gaélico, que no idioma de Galícia, significa “Ilha do Homem“, que é uma região do Reino Unido situada no centro das Ilhas Britânicas, sendo um (…)

Fala mais

Dilma Rousseff

Dilma se pronuncia sobre morte de adolescente: “violência contra a periferia é a manifestação mais forte da desigualdade no Brasil”

por

Nesta terça-feira (29), Dilma Rousseff se pronunciou sobre a morte de Douglas Rodrigues, de 17 anos, ocorrida no último domingo (17). Além de prestar sua solidariedade à família e amigos da vítima, a presidenta também falou sobre a violência contra a população periférica: “Assim como Douglas, milhares de outros jovens negros da periferia são vitimas cotidianas da violência. A violência contra a periferia é a manifestação mais forte da desigualdade no Brasil.” Embora um comentário por parte de uma autoridade de tamanha grandeza a favor da vítima e não do agressor seja favorável, parece “muito pouco, muito tarde”; como a própria Dilma relata: “são vítimas cotidianas”. Assunto muito debatido no Hip Hop Brasileiro, o genocídio periférico já havia sido comentado nesse mesmo (…)

Fala mais

ENEM 2013 traz trecho de música de Gabriel O Pensador

por

A cada edição do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) realizada, os participantes são surpreendidos com as mais criativas questões utilizadas na prova, e esse ano foi a vez do RAP ter seu espaço na avaliação que contou com cerca de 5 milhões de candidatos. O exame que foi realizado nos últimos dias 26 e 27, teve em uma de suas questões um trecho da música “Até Quando?”, do cantor Gabriel O Pensador, lançada no ano de 2001. A canção foi utilizada na prova de Linguagens, e logo depois pedia ao candidato para identificar nos versos quais escolhas linguísticas do autor conferiam ao texto. De acordo com o cantor que está em Montevideo, onde realizou seu primeiro show no Uruguai, (…)

Fala mais

Fernando Haddad na Mostra Cultural da Cooperifa

Prefeito de São Paulo vai a evento da Cooperifa: “objetivo é reservar 2% do orçamento da prefeitura para a cultura”

por

No último domingo (27), o encerramento da 6ª Mostra Cultural da Cooperifa, na Casa Popular de Cultura do M’Boi Mirim, contou com a presença do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que falou sobre a cultura periférica. “Nosso objetivo é reservar 2% do orçamento da prefeitura para a cultura, que é uma pauta antiga”, disse ele, que também aproveitou para ressaltar a importância do VAI 2, que deve beneficiar um número maior de projetos do que o VAI. “Nossa orientação na prefeitura é sempre apoiar eventos como esse, que talvez por falta de um pequeno apoio não têm um efeito maior”. Presente por cerca de uma hora no evento, Haddad ainda garantiu que “toda galera da periferia vai ter acesso a editais”, (…)

Fala mais

Terrorismo Poético

Com intervenções urbanas, série “Terrorismo poético” questiona normatividade social

por

Você já parou pra pensar que a sua maneira viver nada mais é do que uma forma de escravidão disfarçada? Já notou que olha com desgosto para certas pessoas apenas por sua aparência? Muitas vezes, no embalo de apenas sobreviver, praticamos diversas ações prejudiciais a nós mesmos e até aquelas que diríamos ser contra. Pra quebrar essa rotina e questionar a normatividade social, MaicknucleaR criou a série “Terrorismo Poético” que, através de intervenções urbanas, planta na mente das pessoas a reflexão de como vivem suas próprias vidas. Os temas debatidos são muitos, desde o tratamento do governo perante a população, com as condições precárias dos serviços obrigatórios oferecidos, até os nossos preconceitos pessoais. Conheci a série no Noticiário Periférico.

Fala mais

Malcolm X discursando com alcorão

Nenhum rapper me representa!

por

Quando o nome e as ideias de Marco Feliciano explodiram na mídia, as expressões mais comuns ligadas a ele eram de representação, com as pessoas, principalmente na Internet, dizendo se ele as representava ou não. A partir daquele momento, a expressão tornou-se extremamente popular e utilizada para tantos outros assuntos. A ideia geral é que, se uma pessoa/instituição defende algo que você acredita, ela te representa; do contrário, não te representa. Mesmo que na maioria dos casos essas frases sejam usadas de maneira simbólica para uma situação específica e apenas pelo “modismo da expressão”, há vezes que as pessoas realmente se sentem representadas por outras; muitas vezes sem nem usar a frase em questão. Pra começar, nossa própria forma de (…)

Fala mais

Manifestações pela educação no Rio de Janeiro

Diário de um detento: estudante preso ao cobrir manifestações comenta o acontecido

por

Depois de conduzir 190 pessoas à delegacia, a Polícia Civil prendeu 64 e autuou 27 por crime organizado, pelas manifestações a favor da educação, no Rio de Janeiro, no dia 15 de outubro, “Dia dos Professores”. Entre os presos, estava Ciro Elias, estudante de Jornalismo da UFRJ, que estava apenas portando um crachá da imprensa e cobrindo os acontecimentos, segundo a jornalista Manuela Trindade, em depoimento ao G1; a matéria ainda apresenta uma nota de repúdio da instituição de ensino à ação da polícia, classificando a apreensão arbitrária como abusiva. Embora tenha sido um dos primeiros a ser solto, o estudante não estava completamente aliviado, pois ainda haviam muitos inocentes presos; o desabafo veio pelo Facebook, em uma espécie de “Diário (…)

Fala mais

Onde está Amarildo?

“Somos todos Amarildo”: através de depoimentos e visita à Rocinha, vídeo conta história do servente de pedreiro

por

Na última segunda-feira (7), a Mídia Ninja divulgou um vídeo sobre o caso do servente de pedreiro desaparecido na Rocinha e deu início oficial à campanha “Somos todos Amarildo”. Em pouco mais de 20 minutos, a filmagem apresenta depoimentos de juristas e familiares, além de uma visita à casa de Amarildo, onde morava com sua mulher e seis filhos; a atriz Fernanda Paes Leme e o ator Érico Braz também estiveram na visita. Além de mostrar o caso do servente de pedreiro, as imagens levantam outros tantos questionamentos: a condição de vida nas favelas, o descaso com a população mais pobre, a ação das UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora), entre outros. Mesmo que 10 policiais tenham sido indiciados pelo caso, a (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com