Hip Hop e Mano Brown são Tese de Doutorado – A Periferia Pede Passagem: Trajetória Social e Intelectual de Mano Brown

O Hip Hop é o som das ruas, escola e faculdade de muitos professores na área por aí, que continuando o ciclo, novamente ensinam e transmitem o conhecimento cultural agregado para que a cultura permaneça viva. Todos nós sabemos o valor cultural e também social que o Hip Hop possui, mais particularmente em áreas como favelas, comunidades e outras regiões pobres, chegando a ser mais que um gênero, e se equivalendo a um movimento sociocultural de discussões acerca de assuntos como cidadania, conscientização, mediação, denúncias e reflexões. E foi com base nisso que o Rogério de Souza Silva, da Universidade Estadual de Campinas – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, desenvolveu a tese de doutorado A periferia pede passagem : trajetória social e intelectual de Mano Brown.

De acordo com o resumo da tese, o presente trabalho discute a importância do movimento hip hop na transformação da vida de milhares de jovens das periferias das grandes cidades brasileiras. Para isso, analisa a trajetória social e intelectual de Mano Brown, líder do grupo de rap Racionais MC’s. Defendem que o movimento hip hop, mesmo com as suas contradições e incongruências, possibilita que os seus integrantes alcancem uma visão crítica do mundo, ganhem visibilidade social e, no limite, não adentrem no mundo do crime.

A tese pode ser conferida ou baixada logo abaixo, e para os já graduados ou também alunos, seja das ruas, ou de alguma instituição, é indispensável a leitura da produção que conta com um caráter sociocultural profundo acerca do movimento Hip Hop e da trajetória de Mano Brown.

Tese: A periferia pede passagem : trajetória social e intelectual de Mano Brown

Download

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *