Em novo clipe, Renegado ironiza candidato que se referiu a negros e índios como “coisas desse tipo”

Na última segunda-feira (1), Renegado lançou o clipe da música inédita “Coisas desse tipo”.

Embora sua assessoria tenha negado ao site O Tempo, o rapper faz uma clara ironia ao candidato a governador em Minas Gerais, Pimenta da Veiga (PSDB), que, em um discurso da campanha, se referiu a negros e índios como “coisas desse tipo”.

Renegado reproduz a declaração do candidato palavra por palavra, para então demonstrar seu repúdio à afirmação em rimas e imagens, não só em relação aos negros e índios, mas a todas as “minorias” possivelmente ofendidas. Em determinado momento, ele até versa:

“Coisas desse tipo não combinam com Pimenta: liberdade, dignidade e respeito. Sem justiça, sem igualdade, nada feito. Ele quer me governar, mas digo ‘não tem jeito’. Ser rebelde, chapa, é meu defeito.”

A bomba não demorou muito a balançar o comitê da campanha. De acordo com O Tempo, assessores e articuladores estariam estudando a melhor maneira pra responder à ação, até judicialmente se for necessário.

Está sendo comentado até que a ideia do lançamento teria partido da equipe do Fernando Pimentel (PT), também candidato a governador em Minas. A assessoria deste, obviamente, nega.

Algo parecido aconteceu em São Paulo, em 2012, quando Mamuti lançou o web vídeo “E agora, José?”, criticando o candidato a prefeito José Serra, que, na época, disse ter sido responsável pelo espaço conquistado pelo RAP no Centro Cultural da Juventude.

Embora o rapper tivesse feito tudo por conta própria, a repercussão foi enorme e por muitos também foi visto como uma obra do concorrente Fernando Haddad (PT), que viria a vencer as eleições.

Com informações do O Tempo.

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.