Rappers brasileiros falam sobre a maioridade penal

Atualizado em 03/01/2014

Com a discussão sobre a maioridade penal em alta, a MTV Brasil conversou alguns rappers brasileiros sobre o assunto: Edi Rock (Racionais MCs), Gabriel O Pensador, SPvic (Haikaiss) e Maurício (Detentos do RAP).

Veja a opinião de cada um deles:

Edi Rock: O certo é que todos devem ser responsabilizados pelos seus atos independente da idade e posição social (o que já não acontece). Se mudarem a lei, e “se conseguirem”, com certeza faltará a outra parte. O que eu acho mais importante é a atenção para a “raiz” do problema,”a causa”!!!

Maurício (Detentos do RAP): É uma questão complexa, porque a gente não tem apoio do governo nesse sentido, a prioridade está em construir mais cadeia do que escola. Sem contar que a mídia vende muita coisa, incentiva o consumismo, e o jovem, por não conseguir emprego decente, acaba roubando pra adquirir certas coisas. As pessoas sempre esperam tragédias pra agir. Isso está sendo muito falado pela mídia agora com o caso do rapaz que foi assassinado por causa de um celular, mas violência desse tipo sempre aconteceu no gueto, mulher trabalhadora voltando pra casa e sendo assaltada. Só é falado quando atinge as classes mais altas. Estamos a anos luz de muitos países, mas sabemos que o que falta mesmo é cultura e educação.

Gabriel o Pensador: A solução real é investir na educação, na cultura, no esporte, no respeito e na geração de empregos, mas jovens abaixo de dezoito já entendem muito bem o que é roubar, matar, sequestrar, traficar, por isso não devem ter o direito de fazê-lo e ainda inocentar cúmplices mais velhos assumindo a autoria de seus crimes. A certeza da impunidade estimula a violência, ainda mais quando aliada à imaturidade.

SPVIC (Haikaiss): Acredito que esse assunto, “Maioridade Penal”, não é o principal a se discutir, já que envolve casos isolados. Cada sujeito deveria arcar pelo que fez, independente da idade, já deveria funcionar assim. A justiça prova que tem erros no modo como age e no tempo que demora pra reconhecer isso. Esse assunto está em ascensão pra sobrepor outras falhas mais graves no nosso sistema. E o Renan Calheiros? Como a justiça do país manipula a corrupção?; Maioridade Penal não, mas e os casos de Privilégio Penal?

Ainda sobre o assunto, um outro projeto reuniu vídeos de alguns rappers utilizando-se de rimas para mostrar sua crítica à diminuição da maioridade penal; até o momento, são 34 vídeos.

2 Comentários

  1. Avatar
    João Paulo
    17/05/2013
    Responder

    Se nao começar por alguma coisa nunca vai muda nada nesse pais, o que tem que ser combatido são as mazelas e frouxidão das nossas leis. Se a ferida tem que ser exposta por ai temos e que apoiar e fazer por onde pra construirmos uma sociedade mais decente.

  2. Avatar
    estevao
    17/05/2013
    Responder

    Vamos lá,ambos os lados,devem ser alterados! tanto a educação,quanto a maioridade penal.
    mas vamos cair na real? a Educação no brasil,infelizmente vai ser mudada em ”passos curtos”,até porque eles não querem isso agora, e já que temos um dos pontos nas mãos para decidir,por que não começar a punir devidamente esses jovens?.
    Caso não saibam o tamanho da impunidade do menor,em locais como Febem,(antigo)Caje e etc eles ficam no máximo,por 3 anos e saem de la com a ficha criminal limpa,vamos decidir oque temos nas mãos,e após isso lutar por um DIREITO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *