Projota, Rashid e Ogi relembram 2011 em forma de rima

Atualizado em 09/01/2016

Chega final de ano, vemos lista de melhores de tudo que é possível, vemos retrospectivas e também os desejos e promessas para o ano seguinte. Se o RAP dominou quase todos os prêmios de música do ano, seria injusto não lhe dar posição de destaque nessa lembrança. Assim, a MTV chamou Projota, Rashid e Ogi pra fazem a retrospectiva de um jeito diferente: em forma de rimas.

A ideia foi muito louca e o resultado aprovado. Os três grandes nomes do cenário atual do RAP Brasileiro colocaram vários temas na roda, desde as explosões dos bueiros no Rio de Janeiro, até os terremotos no Japão.

O mais da hora é que pareceu bem casual, como se fosse três parceiros, na quebrada mesmo, falando sobre algum acontecimento ou, no caso, vários deles, brincado de improviso. Vai dizer que você nunca fez isso? Rolou até uma brincadeira com futebol, tema recorrente nas reuniões de amigos. Ogi tirou o Projota por causa do Santos, que tirou o Rashid por causa do Corinthians na Libertadores, que se defendeu bem trocando rápido de assunto. Da hora!

Abaixo cê confere a retrospectiva e alguns destaques:

Rashid:

Mas e a tragédia, sem média, sem dengo: o otário atirador lá de Realengo. Entrou na escola, vacilão. Por que não entrou lá no Congresso pra matar a corrupção?

Ogi:

Eu não to nem aí pro casamento na Inglaterra. O BOPE invadiu o morro e continua a guerra. Polícia na USP, protesto estudantil. PM age de forma violenta, isso é Brasil!

Projota:

2011 eu sei, o povo foi pra luta pra que ele aprenda a fortificar nossa conduta. 2012, será que o mundo vai acabar? Se não acabar, a gente volta de novo rimar.

#vaiRAP

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.