MV Bill escolherá projetos sociais brasileiros que podem ganhar R$1 milhão do Google

Na próxima quinta-feira (8), o Google anunciará os 4 projetos sociais brasileiros que ganharão o Global Impact Award (Prêmio de Impacto Social), com direito a R$1 milhão cada.

Além da votação popular pela Internet, que determinará um dos vencedores, 5 juízes também farão suas escolhas; MV Bill será um deles. Ao seu lado, Luciano Huck, Viviane Senna (Presidente do Instituto Ayrton Senna), José Gomes da Silva (Presidente da Coteminas e conselheiro de empresas como Embraer, o IEDI e a ITMF) e Jacqueline Fuller (Diretora do Google.org) completam o quadro.

Além da grana, o Google também dará todo apoio técnico para tirar os projetos do papel e tornar os sonhos dos envolvidos em realidade. A ideia é apoiar ONGs no Brasil que estão trabalhando para solucionar problemas sociais e gerar impacto por meio da tecnologia.

O Desafio de Impacto Social Google, como foi denominado, chegou aos seus finalistas por meio de alguns critérios: impacto na comunidade; inovação; viabilidade; escalabilidade.

Saiba um pouco mais dos 10 projetos finalistas:

  • Instituto Geledés: um aplicativo que ajuda mulheres a se proteger da violência doméstica;
  • Open Knowledge Foundation: uma ferramenta para acompanhar gastos públicos do Governo Federal e de SP;
  • Associação O Eco: sensores que medem a qualidade da água em quatro cidades da Amazônia;
  • Meu Rio: um aplicativo que dá voz às causas e problemas da sua cidade;
  • Instituto Socioambiental: uma tecnologia para criar produtos florestais e aumentar a sustentabilidade na Amazônia;
  • Juntos com você: uma plataforma de doações para projetos sociais no Brasil;
  • Instituto Igarapé: um aplicativo que mensura a violência urbana pela visão das crianças;
  • Instituto Zero a Seis: um projeto para acompanhar o desenvolvimento dos seus filhos via SMS;
  • Instituto Mamirauá: uma máquina de gelo solar que conserva alimentos na Amazônia;
  • Conservação Internacional: um sistema para melhorar a vida dos pescadores e tornar a pesca mais sustentável.

Visite o site oficial do Desafio e saiba mais.

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.