Moita lança música “Movimentos” com as participações de Síntese e Nego Max

Nesta quarta-feira (30), Moita lançou a música “Movimentos”, que contou com as participações de Síntese e Nego Max.

O rapper, que ainda neste ano lançou o CD “Delírio lógico”, defende a ideia de cada pessoa é apenas uma grande parte de um todo e que embora você defenda as “suas” ações como parte da “sua” vida, na verdade, todos seus “movimentos” alteram o caminhar do mundo.

Assim sendo, cada passo conta e todo mundo pode contribuir para o planeta à sua maneira. Talvez, a nossa grande missão seja aproveitar cada novo dia pra transformar os aprendizados pessoais em algo útil ao universo por inteiro.

Para o Noisey, Moita definiu: “se a gente ampliar um pouco mais a visão, estamos num mesmo espaço, denominado universo, onde as coisas existem ao mesmo tempo que nós; e todas essas coisas, se movimentam ao mesmo tempo que nós, e no mesmo lugar (universo) que nós. E considerando que tudo é tão único e faz tão parte de um todo ao mesmo tempo, podemos concluir que somos um grande organismo só, em movimento.”

“Ser alguém melhor que ontem é o sentimento de viver a partir dessa noção. É considerar que não existe o que a gente sabe e o que a gente não sabe, mas o que a gente sabe e o que a gente está aprendendo ainda. Uma experiência sofrível, ou dolorosa, deixa de ser negativa a partir do momento em que você aprende alguma coisa com ela, e torna ela parte do que é positivo. Agrega. Assim, o errado faz parte do certo”, completou.

Faça o download oficial da música “Movimentos”.

“Movimentos” teve a produção musical do Neto (Síntese) e foi mixada e masterizada pelo próprio Moita; o som ainda conta com scratches e colagens do Skeeter.

Vi no Noisey.

Abaixo cê confere a letra da música:

[Cada pensamento que a gente emite, cada abraço, cada gesto, cada palavra é uma vibração que ecoa no universo.
Todo movimento feito no universo nos pertence.
Somos um só… Um grande movimento só…
Movimente-se.]

Nasce o dia, morre o eu de águas passadas.
Passo a passo a vida se constrói.
É como um rio que leva as gotas da nascente,
E constroem um mar com seus semelhantes.
Todo dia é uma chance de ser alguem melhor que ontem.
É uma folha em branco sempre que o sol nasce.
Respirar é estar vivo. Sentindo o sopro divino
Quando o vento toca a face.
De todas linhas rabiscadas até no mais torto traço
Deus vai escrever o que é certo.
A verdade é existir.
Vi mais motivos em sorrir pra vida
Ao ver que cada coisa agradecida vai retribuir – Gratidão.
Cada dificuldade, na verdade,
É só um bloco mais pesado de uma grande construção.
A vida é edificação, nós somos templos.
Não há tempo a se perder, cada movimento
É importante em tudo pro todo acontecer.
É a nova aurora… A despertar em cada ser que existir, o amor.

Que o círculo se expanda mas que não se rompa.
Que as águas se movam e que chama acenda.
Faça-se luz! Em meio a tanta lama e a tanta cruz. (Nova Aurora)
Renascimento. A revigorar meu templo. (Graça/Paz)
[2x]

“[…] Movimentar pra existir./
E além de algo a dizer, algo a se fazer sentir…”

Ao expandir as fronteiras do ser, subo o monte.
Renova a fonte. Ao front.
Provação que aprova.
Curso Gaia. Plano Terra.
Extraia do veneno o soro.
Entoe o coro, são, 
Perdão e gratidão pro fim da guerra, irmão.
Tesouro é amor sincero amado em paz.
Quando nutre pra ver crescer. Zela pra fazer florescer.
E todo gesto que não traduz o amor suplica ajuda.
Tudo muda até voltar ao que nunca deixou de ser.

Saga: Toda noite dar a luz e toda manhã nascer.
Entregue aos sentidos,
E ao testemunhar tento entender o que participo aqui.
Mais um dia pro ser refletir
A consciência que ao próximo me cabe compreender.
Enxergar que viver é se ver em cada semblante que assemelha.
A vidraça e o espelho reflete a centelha divina.
O ciclo da vida e a harmonia do andamento,
Pra que o elo não se rompa e não interrompa o movimento. (Vida)

Que o círculo se expanda mas que não se rompa.
Que as águas se movam e que chama acenda.
Faça-se luz! Em meio a tanta lama e a tanta cruz. (Nova Aurora)
Renascimento. A revigorar meu templo. (Luz)
[2x]

Amem.

 

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *