MC Menor vai além das palavras e lança clipe de “Fale Somente o Necessário”

Atualizado em 09/01/2016

Quando você une uma letra inteligente à uma produção séria, merece destaque. Com palavras certeiras e uma ideia completa, o rapper Menor, de Florianópolis/SC, lançou o clipe da música “Fale Somente o Necessário“. A direção é de Felipe Miranda.

Oriundo do Rio Grande do Sul, Menor reside em Florianópolis e é um dos bons representantes do RAP Catarinense. No ano passado, o rapper já havia sido “apresentado” ao cenário brasileiro pelo Dario, no clipe da música “Um sonho“, que contou também com a presença do Terra Preta.

A música de “Fale Somente o Necessário” tem o beat do próprio Menor e é de 2011, sendo lançada como single homônimo da EP do rappper. No som, Menor fala da importância da palavra para propagar a mensagem e o quão é importante saber usá-las na hora certa. Mas, ele também deixa claro que não importa só falar, se você não realmente fazer, correr atrás. “Elas já me feriram, mas nessa minha trajetória eu vi que palavras nunca valem mais do que uma ação”

Uma palavra pode ser usada por qualquer um, só escolher no dicionário, mas o sentimento e o significado que você dá pra ela é que fazem a diferença. A verdade é que é da hora ver um rapper falando de palavras, afinal, é a matéria-prima de seu trabalho. É a partir das palavras colocadas de maneira correta, no lugar correto, que suas músicas fazem sucesso ou não.

Menor no clipe "Fale Somente o Necessário"

O clipe é sério. Não somente pela mensagem, mas pela própria produção, bem feita e bem apresentada. Não é somente uma compilação de imagens que se unem com a música, mas o clipe por si só possui algumas ideias extras. Primeiro, em referência à imagem acima. Só a ideia de gravar em uma biblioteca, a “casa das palavras”, já seria um fato marcante, mas o rapper vai além: ele rejeita a “Filosofia do Facebook” e pega o livro “A riqueza e a pobreza das nações“, de David S. Landes. É uma crítica bastante direta aos que ficam presos às redes sociais e abdicam dos conhecimentos realmente importantes e fundamentais para a mudança.

Outra ideia loca se apresenta nas imagens das câmeras de segurança, que mostram diversos políticos e o vigia dormindo. No caso, parece uma referência ao fato de os homens de autoridade no país, representados pelo vigia, estarem sempre de “olhos fechados” para a corrupção e erros de nossos políticos. E quando os caras abrem os olhos, se apegam às menores coisas. É a tal da justiça só pra um dos lados que a gente tem que conviver no dia a dia.

Menor termina o clipe mostrando uma plateia que se enche mais e mais à medida que a atração adapta-se a ideia de falar o necessário e ao conteúdo da música. A plateia então sente a música, como deveria ser. É o RAP inteligente aumentando seu público e atingindo cada vez mais pessoas que necessitam ouvi-lo, independente de quem sejam.

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.