Kanhanga lança música “Hoje eu sei quem sou” com participações de JL MC e Vini Opi

Atualizado em 19/07/2014

Na última terça-feira (1º), Kanhanga lançou a música “Hoje eu sei quem sou”, que contou com as participações de JL MC e Vini Opi.

O angolano baseado no Rio Grande do Sul mais uma vez apresenta um trampo forte e narra um pouco mais da experiência e das dificuldades de ser um imigrante; os dois rappers versam detalhes de suas caminhadas.

Faça o download oficial da música “Hoje eu sei quem sou”;
ATUALIZAÇÃO: Kanhanga lança clipe “Hoje eu sei quem sou”.

“Hoje eu sei quem sou” foi produzida por Coatse Beats; a mixagem e a masterização são de DJ Alex Fernandes.

Abaixo cê confere a letra da música:

1 Verso [Narrador Kanhanga]
E se eu fosse cego # e fizesse uma prece
aos olhos de quem vé nem tudo é o que parece
parece que a tua vida irmão, é igual a minha
só que eu nunca esperei o funcionar de uma varinha
sempre corri com as pernas que Deus deu pra caminhar
conversei com a esperança ela disse pra não esperar
de teimoso esperei # pra ver no que ia dar
paguei um preço bem alto # e me firmei no meu lugar, mas nunca
foi meu lugar #limpar chão de um restaurante 
eu sei o quanto é porra louca a vida de um imigrante #
que nasceu em Angola # que cresceu em Angola
e hoje vive seu universo distante de Angola
sou eu # na tentativa de escrever o novo rumo
mas eu tó sem caneta pra escrever o teu futuro, só depende de quem
quer # ser feliz de uma vez
seja qualquer porcaria mas seja a bola da vez

Refrão [Vini Opi]
Eu aprendi com a dor, já estive bem distante
voltei hoje eu sei quem sou, eu já sofri bastante
não sei pra onde vou, deixo o rap me levar adiante
não importa como for, eu apenas sigo avante

2 Verso [JL Mc]

E foi preciso ter coragem pra seguir nessa estrada
cada passo mais focado eu vou subindo essa escada
cada rap, cada track do mal me distanciava
minha vontade virou hino o sonho se realizava
deixei o som guia pois eu mesmo não sabia
só agora consigo enxergar tudo aquilo 
vários partia eu via aqui tentanto virar rei
não reclamo do que não tive eu agradeço o que ganhei
foi foda saber, cada semana perder alguem
foram marcas do passado por um triz eu escapei
vi o choro, algemas despedidas das mães
vi que o sistema é foda e jamais dividir os pães
por isso os cães ladram, mas a caravana passa
Deus abençoa os que trabalham e derruba quem trapaça
tem um sonho corre atrás então vá faça
não espere por ninguem irmão porque não a quem faça

Refrão [Vini Opi]
Eu aprendi com a dor, já estive bem distante
voltei hoje eu sei quem sou, eu já sofri bastante
não sei pra onde vou, deixo o rap me levar adiante
não importa como for, eu apenas sigo avante

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.