RAP Brasileiro com temática Gospel no EP “Santificação”

Atualizado em 06/01/2016

Falar em Deus ou em graças divinas é muito comum no RAP Brasileiro, por isso a diferenciação entre os sons comuns e o RAP Gospel é um pouco mais difícil. Ainda mais quando estes apresentam um estilo parecido no desenvolvimento da música e na produção, no estilo das rimas, como foi o caso do EP “Santificação”, do Kadu MC.

Lançado em junho, o trabalho conta com 6 faixas e parece ser apenas o começo. Na verdade, não exatamente o começo, pois, de acordo com o rapper, mesmo estando na corrida desde 2007, esteve afastado por um tempo; ele credita seu retorno a Deus: “Graças a ELE tô voltando e agora pra fazer um trabalho sério.” (Volta que fica bastante destacada durante todo este trabalho, principalmente na faixa 1, “Me perdoe“)

A grande diferença entre o RAP “comum” e o Gospel reside na diferença entre acreditar/agradecer e adorar. Não que fora do Gospel não haja a adoração a Deus, mas ela não é tão explícita nos versos. Durante os 22min. de duração do EP, Kadu rima exclusivamente as problemáticas religiosas de um crente que segue as palavras divinas no dia a dia.

Entretanto, as semelhanças são visíveis e até uma analogia temática surge na música “Pregadores de Rosas“, na qual o rapper fala sobre os crentes que preferem falar dos outros e achar que são mais do que fazer sua parte para o desenvolvimento da crença:

A vida sabe de cor, pra ele isso é comum
Sabe milhares de versículos, mas não vive nenhum
Presta atenção na pregação pra ver se o irmão vai gaguejar
Se vai falar algo de errado pra depois ele julgar
Diz que sabe tudo, templo da sabedoria
Mas sua faixa da bonita não esconde a igreja vazia
O Ministério briga, ‘quem é o primeiro e o segundo?’
Sendo que o mais importante pra Deus é pregar o evangelho pro mundo

O mesmo acontece entre os “fãs” do RAP Brasileiro e os MCs: falam que conhecem o RAP Brasileiro, citam várias letras que adoram, mas praticam discriminação e tantos outros “erros” em relação aos sons que defendem; ficam marcando cada passo desse ou daquele rapper e exageram qualquer uma de suas atitudes para que ele seja julgado de maneira diferente por outros “fãs”; pra no fim, ao invés de tentar melhorar o RAP Brasileiro, estarem tentando apenas fazer o seu nome.

Por envolver diretamente religião e suas vertentes, o EP talvez seja criticado por alguns. Entretanto, enquanto houver respeito pelas ideias, destacar-se-á a força do RAP e a qualidade lírica e de produção desenvolvidas no trabalho.

EP Santificação – Kadu MC

  1. Me perdoe
  2. Santificação (part. Marcio RC)
  3. Pregadores de rosas (prod. Mudesto PlugCinza)
  4. Livrai-nos do mal (prod. NeguimBeats MeiaDois)
  5. Preso em Deus (Caught in daze Remix)
  6. Esse é o meu Deus (prod. Marcão Baixada)

DOWNLOAD OFICIAL

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.