Haikaiss lança música “Sem graça” com produção de Tuchê

Atualizado em 14/01/2014

Nesta segunda-feira (11), o Haikaiss lançou a música “Sem graça”, que contou com a produção musical do Tuchê.

Com uma pegada um pouco mais melódica e romântica do que a habitual, os rappers versam sobre uma relação que embora tenha traços de algo a mais, provavelmente não passará de mais uma casual.

“Sem graça” foi mixada pelo SPVIC e pelo DJ Qualy, integrantes do grupo, e masterizada pelo Rafael Gomes; a música integrará o CD “Fotografias de um instante”, que deve ser lançado apenas em 2014.

Abaixo cê confere a letra e o download oficial da música:

Letra:

Refrão 

Veja como o tempo voa
Demora pra aterrissar, sem graça, eu me vejo aqui
Pela janela, ver você partir

(Qualy)
Essa noite foi boa, mas eu não te contei
Eu deixei você dormir até com a minha DGK
Ontem a noite eu bebi e você ficou tão linda
Mas na hora de acordar você ficou mais ainda
Isso não é comum, como deixar acontecer ?
O normal é acordar e eu não querer mais te ver, mas ae
Vou deixar você dormir mais um pouco
Vou pra sala produzir pra ver se eu faço algum troco
Mas ela vem junto
Olhar pra traz e ver você no sofá
Com cara que queria conversar
Difícil eu ser romântico
Meu ego é do tamanho do oceano atlântico
Seu cheiro simpático, olhar de felina 
Mas você sabe que se eu te elogiar agora vai acabar com a minha autoestima
Você senta em cima
E eu que já fui feito de acento, não aceito
Eu não sou piscina pra tu se jogar de prima
Mas isso é só um teste
Pra ver se eu honro o fardo firme e forte, cafajeste..

Refrão 

(Spinardi)
Conseguiu arrancar palavras
Da minha boca apaixonantes falas
Desculpa mas não leve muito a sério minha emoção pós sexo
Pois essas palavras podem machuca-las, e podem mais 
Intimidade e o mau que ela traz
Tão íntima e amiga dos meus pais
Aí não!
Não me peça explicação
Eu não consigo nem me conduzir
Como é que eu vou te dar condição ? (Biatch) 
Refão 

(Spvic)
Pareceu tão simples no início mas 
Se são duas cabeças pra moldar a mesma história
Tentar ver plural no singular
Cada um, cada um, me despeço e vou cuidar do universo particular
Não te impeço de concordar e é isso!
Vou voltar mais complexo, sem concordar, nosso sexo só vai durar
se nunca tivermos compromisso
E é isso? Sem “como assim”? Sei como somos, bem. Impomos o lado Charlie Sheen
Ó menina, eu to pra baixo essa semana.. (nem encana!)
Eu quero que a surpresa que conduza o fim da trama
Te ver em uma semana, não ver noutra semana
Entender que seu interesse vai além da boa fama
Ou da minha má fama de que não duro dramas e tenho boas amigas e todas elas me amam
Vi a diversão no meu quintal, sem dinheiro. É vendaval, na mão ou não,
mulher é um livro sem final..

DOWNLOAD OFICIAL

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *