Guile lança música “Puro” com participação de Pok Sombra

Atualizado em 03/01/2014

No último domingo (8), Guile lançou a música “Puro”, que contou com a participação de Pok Sombra e a produção musical de IAMNOBODI.

“Puro” ainda conta com colagens do próprio Pok Sombra e foi gravada no estúdio Santuário Sala.

https://soundcloud.com/guile-farias/guile-puro-part-pok-sombra

Letra:

Talvez não fosse pra mim ta aqui
querendo se mc, vive da arte
de poder fluir como eu quiser
entre um bombo e clap, sem break
só segue ignorando as margens
talvez essa viagem não fosse minha
mas eu acabei
embarcando nela e me deparando com linhas
que me fizeram da vida e voz para o meu mundo ilustrativo
li livros que me ensinaram que o sucesso é ser feliz
mesmo seguindo uma diretriz oposta
contraditória da minha mente
me vejo presente
dentro de ambiente no qual não queria estar
sou muito mais inteligente eu penso bem mais
eu to aqui também mas também sei que não vim que lá
onde? eles andam de bonde, de monte
acham que vão longe e não chegam nem metade
ando só como monge atravessando uma ponte
sem temer quem vem no fronte,
sempre pronto pro combate
sem fazer alarde da minha percepção
uso inteligência e foco
conforme eu me descolo
pra manter a direção
uns não tem visão logo
limitam-se aos padrões
e eu não tenho nada vê com isso
cumpro meus compromisso
só sigo enquanto o coração bate
e o ar que eu respiro
me traz a certeza que eu to vivo pra se livre
livre pra ta vivo sem stress na caminhada
e a cada calçada que eu piso,
é uma pegada registrada
nas quebradas desse mundo sujo
tento me manter puro em meio a poluição sonara
jogo uns versos fora sobre as linhas do caderno
pra excluir o lixo interno
que perturba minha mente toda hora
é foda! vejo tudo ao meu redor
tento absorver o máximo que eu puder
pra conseguir desenvolver melhor
mesmo só eu sigo… (preciso aprender aprender a ser só)

Refrão:
Eu não nasci com dom
sei o que eu quero fala;

Kamau:
“Faça o mesmo, mas faça você mesmo”
“Só! preciso aprender a ser só”

Planando a imensidão
Pois sou livre pra voar

Kamau:
“fazer do pensamento poesia,
por em prática no verso o que aprendi na teoria”

Eu não nasci com dom
sei o que eu quero fala;

Parteum:
“Eu só preciso desse mar que a batida pra subir essa montanha”
Shaw:
“Esse é o mundo do rap é um mundo estranho”

Planando a imensidão
Pois sou livre pra voar;

Cachola:
“Eu não nasci com dom, nasci com vontade de fazer rima”

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.