Gabriel o Pensador lembra “Estudo errado” e fala sobre educação: “professor é herói”

Com três livros lançados e várias músicas que tratam do tema educação, Gabriel o Pensador é um dos primeiros rappers a serem lembrados quando se toca no assunto.

Autor da música “Estudo errado”, lançada em 1995, ele causou, na época, diversas reclamações por parte dos educadores. Mas, as críticas do som, na verdade, voltavam-se para pontos mais altos da pirâmide.

“Tanta informação que uma criança hoje recebe na internet, na televisão, tudo isso gera milhões de questões que já não se enquadram dentro do que é passado pelo MEC, dentro das disciplinas”, alertou à BBC. “Minha crítica na letra ‘Estudo errado’ era justamente em relação a essa distância do conteúdo do que era passado nas matérias para a vida real.”

Embora lembre que existem muitos bons projetos em andamento, o rapper ressalta a necessidade de tornar o dia a dia das escolas mais interessante até para evitar a tamanha evasão escolar.

Um dos passos pra isso, na visão dele, seria a valorização do professor, não só no caso do salário, mas também nas condições estruturais para realizarem seu trabalho e também no respeito de toda uma sociedade, que ainda vê policiais e alunos os agredindo em manifestações e salas de aula.

“O professor é o herói do dia a dia, essa é a palavra que cabe perfeitamente. O professor é herói pelo amor com que ele se dedica a profissão, pela superação que ele demonstra, que deve inspirar os alunos, e na sua dedicação ao acolhimento, que é uma das coisas mais generosas e importantes que os professores dão para os alunos”, comentou ele.

E a solução? “A solução da educação no Brasil é uma questão bem complexa, […] uma primeira medida seria corrigir esse absurdo [do desvio da verba destinada à educação] e destinar muito mais recursos pra educação.”

Vi na BBC e recomendo que leiam a entrevista completa.

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.