O CEO Notório: 10 mandamentos de Biggie Smalls para o seu negócio

Atualizado em 26/03/2015

Gostaria de deixar claro que este post é uma adaptação do post “The Notorious CEO: Ten Startup Commandments from Biggie Smalls“, do site RJ Metrics.

Não é coincidência que muitas estrelas do RAP são também empreendedores de sucesso e rimam sobre os negócios e ambições empresariais. Ontem, meu iTunes escolheu aleatoriamente a música “”The Ten Crack Commandments (Os 10 mandamentos do crack)”, um clássico e costumeiramente referenciado do álbum duplo de 1997 de Notorious BIG, chamado “Life After Death (Vida após a morte)”.

Leia mais:
– Co-fundador do Reddit cita Jay Z como modelo de empreendedor; veja o que você pode aprender com ele;
– 5 coisas que o seu negócio pode aprender com um rapper.

Abaixo estão listados os “10 mandamentos do crack” seguidos por suas mensagens aos negociantes modernos:

“Regra 1: nunca deixe ninguém saber quanta grana você tem”

Para a maioria das companhias, não há um grande ganho em expor suas finanças. Entretanto, algumas companhias privadas decidem por fazer. Como diz Biggie, anunciar sua performance financeira pode “alimentar a inveja”, aumentando os riscos operacionais e armando seus competidores com mais informações sobre as fraquezas de sua companhia.

“Regra 2: nunca deixe que saibam seu próximo passo”

Inovação dá um puta valor de longo termo à sua empresa. Se a sua companhia libera prematuramente seus planos estratégicos, deixará os competidores um passo à frente. Pode ser tentador postar seu plano pros próximos 12 meses no blog da companhia, mas saiba o valor estratégico que dará aos seus competidores uma vez que isso for liberado.

“Regra 3: confie em ninguém”

Uma sensação saudável de paranóia é algo bastante útil para os negociantes. Precisam tomar providências para previnir suas propriedades intelectuais, incluindo proteção por patentes ou segredos de negócio bem protegidos.

“Regra 4: nunca fique chapado com sua própria mercadoria”

Mesmo se você for o único dono do seu negócio, você deve separar o pessoal do profissional. Se você tomar decisões profissionais ruins apenas para melhorar sua vida pessoal, sua companhia terá menos chances de alcançar o sucesso.

Outra interpretação para essa regra é evitar de desenvolver uma ligação emocional às suas próprias ideias. Se você estiver muito preso ou envolvido emocionalmente em qualquer aspecto dos seus negócios, não será fácil alterar qualquer coisa, mesmo que te leva a uma melhor oportunidade.

“Regra 5: nunca venda crack onde você dorme”

Biggie tá certo: sua família não é um consumidor real e servi-los pode prejudicar mais do que ajudar. Eles irão prover uma experiência irreal de vendas e a opinião será prejudicada pela relação existente. Além disso, se você tiver um produto muito desejado, eles podem querer algum tipo de título ou amostras grátis. Dá-los poderia prejudicar seus lucros e negá-los poderá prejudicar sua relação com eles.

“Regra 6: crédito… esqueça!”

Biggie está alertando sobre os riscos de dar crédito aos consumidores antes de você ter o suficiente para cobrir os gastos. A lição aqui é focar em gerar uma grande quantidade de dinheiro enquanto seu negócio está trabalhando a caminho da lucratividade sustentável. Conseguir a grana é de extrema importância e tudo que atrasar o fluxo do caixa irá desacelerar o seu negócio.

“Regra 7: mantenha seus negócios e sua família completamente separados”

Este não precisa de muita explicação: família e trabalho nem sempre dão certo juntos. Por mais que existam muitos negócios familiares que deram certo, o custo das coisas irem mal quando a família está no meio é muito pior. Não trabalhe com sua família por simples conveniência, apenas o faça se os ganhos foram muito maiores que as possíveis perdas.

“Regra 8: nunca leve coisas de valor com você”

Aqui, Biggie fala sobre a importância da sua segurança física. Senhas, documentos, produtos e protótipos nunca devem ser levados ou transportados com você de algum jeito que possa ser comprometido, seja física ou digitalmente.

“Regra 9: se você não está recebendo os sacos, fique longe da polícia”

A sua companhia pode ser mal interpretada pelos consumidores e competidores e enviar a mensagem errada pode colocar essas relações em risco. Mantenha as conversas estratégicas o mais silenciosas possíveis até que as coisas estejam acertadas.

“Regra 10: consignação não é para amadores”

Acumular débito prematuramente é ruim para qualquer negócio. Tanto débito quanto financiamentos igualitários consomem tempo e irão levar o negócio a gastar demais antes dos planos estarem totalmente preparados. Eles também colocam um pressão muito grande na performance financeira, o que só é bom se a companhia está realmente confiante com a maturidade de seu produto e sua habilidade em gerar retorno. Biggie diz melhor: “se você não tiver a clientela, diga não. Porque os caras irão querer o dinheiro, mesmo que chova, caia granizo ou neve”.

“Siga essas regras e você terá um pão gigante para dividir”

Essa música é de antes do boom da internet, mas ainda traduz bem a linguagem econômica da web de hoje em dia. Espero que pelo menos um desses mandamentos ilumine a cabeça dos empreendedores por aí.

Novamente, gostaria de deixar claro que este post é uma adaptação do post The Notorious CEO: Ten Startup Commandments from Biggie Smalls, do site RJ Metrics.

seja o primeiro a comentar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.