Nesta quarta-feira (3), a CMA HipHop (Comunicação, Militância e Atitude) publicou o áudio de uma entrevista com Mano Brown sobre a redução da maioridade penal.

A entrevista foi feita em Salvador, no dia 15 de junho de 2013. Perguntado se era a favor da redução da maioridade penal, pedida por muitos principalmente há alguns meses atrás, o rapper foi enfático em sua resposta negativa.

“No dia que o Brasil der condições pra esses jovens que tão na margem, pra eles serem o que o Brasil quer que eles sejam, o Brasil pode punir do jeito que o Brasil achar justo. Não é justo a maneira que os moleque vive, não é justo punir da forma que o Brasil quer. Mesmo que a maioria queira, não é justo; a maioria também matou Jesus. A gente não tem que aceitar que a maioria quer a maioridade penal diminuir, eu não aceito. Eles vão buscar os moleques pobres dentro de casa, daqui a pouco tá buscando na barriga da mãe”, protestou ele.

Além de Mano Brown, Eduardo, ex-Facção Central, também se mostrou contra a redução; outros rappers brasileiros falaram à MTV sobre o assunto. Até foi criado um projeto que reuniu dezenas de rappers e suas rimas para combater a diminuição da idade penal.

O CMA é um núcleo de comunicação alternativa, produção cultural e mobilização social, que surge no ano de 2005, na Bahia, com o objetivo central de potencializar a comunicação do Movimento Hip-Hop e do Movimento Negro/Social

Vimos no Central Hip Hop.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*