Artista: Yzalu | Vai Ser Rimando
Artista

Yzalu

Yzalu em estúdio

Yzalú lança web vídeo de “É o Rap Tio”, sua homenagem à cultura

por

Na última terça-feira (16), Yzalú lançou o web vídeo da música “É o Rap Tio”. Com imagens do estúdio, a cantora revela um pouco da sua intimidade na hora sagrada de gravar. O som é um ode, uma homenagem ao RAP, que assim como a ajudou, ajuda tantas almas pelo mundo todo. “É o Rap Tio” tem a produção musical do Marcelo Sanches, foi mixada por Rafa Moraes e masterizada por Carlos Freitas; a faixa integrará o disco “Minha bossa é treta” (assista ao making of do CD!). Abaixo cê confere a letra da música: #ÉoRapTio que me tirou do Mundo Frio, (4x) Sem vacilar, vou fazendo o meu na lutá, Escutando um som e se pá, me ligando onde pisá, (…)

Fala mais

Yzalu em estúdio

Yzalú divulga vídeo do making of do seu primeiro disco, “Minha Bossa é treta”

por

Na última quinta-feira (28), Yzalu divulgou um vídeo do making of do seu primeiro disco, que será chamado “Minha Bossa é treta”. A cantora, que ficou conhecida por recriar letras famosas de RAP só na voz e violão, já vem desde 2002 plantando as sementes na sua caminhada. Entre seus trampos de destaque, estão a gravação do clipe da sua versão para “Cabeça de Nêgo”, do Sabotage, e a interpretação de uma letra inédita do Eduardo (ex-Facção), “Mulheres negras“. Já no making of, ela mostrou os bastidores, alguns trechos das gravações e comentou um pouco sobre o novo trampo. “Eu to propondo algo único. De uma certa forma, que tenha a minha essência, a minha cara”, disse ela. “Vão encontrar diversidade (…)

Fala mais

Yzalu

Também no violão, Yzalú canta “O Hip Hop é foda”, do Rael

por

Na última quarta-feira (23), Yzalú divulgou vídeo de sua versão da música “O Hip Hop é foda”, do Rael. Uma das grandes difusoras das interpretações de RAP no violão, a cantora aparece ao lado de seu fiel instrumento para reforçar ainda mais a ideia do som. Curioso é que a original, feita pelo Rael, já é uma versão do próprio para a música “A Bossa Nova é foda”, do Caetano Veloso; abaixo você confere as duas versões.

Fala mais

Yzalu participa do DVD ao vivo do Detentos do RAP

Assista à participação da Yzalú no DVD “Eternamente”, do Detentos do RAP

por

Na última quarta-feira (26), Yzalú publicou vídeo com sua participação completa da gravação do DVD “Eternamente”, do Detentos do RAP. Com seu violão já característico, que a tornou conhecida por reinterpretar clássicos do RAP Brasileiro, a cantora dividiu com o grupo a música “Campo de guerra”. Leia mais: – Assista ao teaser do novo DVD do Detentos do RAP; – Detentos do RAP lança clipe “Testemunho” com imagens da gravação do DVD. Gravado em 2012, o DVD reuniu nomes como Racionais, Facção Central, Dexter, Realidade Cruel e muitos outros.

Fala mais

Yzalu

Yzalú destaca presença das mulheres no Hip Hop: “não há mais interesses por cotas”

por

Na última terça-feira (18), o Portal Fórum publicou uma entrevista com a Yzalú, feita pela colunista Jarid Arraes. Conhecida nacionalmente por interpretar famosos sons do RAP Brasileiro na voz e violão, interpretar letra inédita do Eduardo, ex-Facção Central, e participar do grupo Divas do Hip Hop, a artista não tem problema algum em se dizer feminista. “Eu e todas as mulheres da favela, da periferia, principalmente as Mulheres Negras, são feministas sem saber que são, pois lutam muito todos os dias para alimentar seus filhos, não abaixam a cabeça quando se veem em situações humilhantes ao visitar seu filho na cadeia”, afirmou. Leia mais sobre ela: – Assista à participação das Divas do Hip Hop no Estúdio Showlivre; – Yzalú lança música “Mulheres (…)

Fala mais

Divas do Hip Hop no Estúdio Showlivre

Assista à participação das Divas do Hip Hop no Estúdio Showlivre

por

Na última quinta-feira (16), o Showlivre disponibilizou na íntegra a participação das Divas do Hip Hop no Estúdio Showlivre. Yzalú, Amanda Negrasim, Pamelloza, Tassia Reis, Livia Cruz, Karol de Souza, Cris, do SNJ, e Stefanie mandaram seus versos e representaram as mulheres do Hip Hop Brasileiro. Além das minas no microfone, a banda que as acompanharam também era toda feminina; era diva pra tudo quanto é lado! De acordo com as artistas, a escolha pelo nome “divas” visa apenas destacar o feminismo do grupo e que do glamour que a expressão poderia sugerir elas não têm muito não; o projeto busca conquistar cada vez mais espaço para as mulheres no Hip Hop.

Fala mais

Documentário 25 de julho - Feminismo Negro contado em primeira pessoa

Assista ao documentário “25 de julho” sobre o feminismo negro

por

Na última segunda-feira (9), Avelino Regicida disponibilizou na íntegra o documentário “25 de julho – Feminismo Negro contado em primeira pessoa”, do qual é diretor. Em pouco mais de uma hora, o trabalho fala sobre o feminismo negro, focando no desconhecimento da data em questão, que deveria celebrar o Dia da Mulher Afro-Latina-Americana, que foi criado em 25 de julho de 1992 durante o Primeiro Encontro de Mulheres Afro-Latinas Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingo, na República Dominicana. “O 8 de março é uma data festiva com muitas manifestações, mas o 25 de julho, não. Foi aí que surgiu a ideia do documentário: já que o evento não acontece, vamos fazer algo que divulgue o 25 de julho”, conta o documentarista ao Rede (…)

Fala mais

Capa do CD Os Afro-sambas, de Vinícius de Moraes e Baden Powell

Rappers participam do especial “100 anos de Vinícius de Moraes”, da CBN

por

A CBN disponibilizou vídeos especiais gravados em sua “sala de música” em celebração aos “100 anos de Vínicius de Moraes”, nas quais rappers e outros músicos interpretaram suas composições. As músicas interpretadas foram retiradas do álbum “Os afro-sambas”, que é de Vinícius de Moraes junto com Baden Powell, lançado em 1966; foram interpretadas também duas faixas que não estão no CD (“Canto de Oxum” e “Samba de benção”). “Canto de Ossanha” foi interpretado por Rael e Graça Braga; “Samba de benção” foi interpretada por Yzalú, que acrescentou uns versos de “Capítulo 4 Versículo 3”, do Racionais; “Berimbau” foi interpretada por Afro-X, Fernando Ébano e Priscila Amorim; “Tempo de amor” foi interpretada por Fernandinho Beatbox e Flávia Bittencourt; “Canto do Caboclo (…)

Fala mais

Yzalú

Assista à entrevista de Yzalú ao Pelaarte & Prosa

por

Na última quinta-feira (29), o Pelaarte & Prosa disponibilizou uma entrevista com a Yzalú, a primeira de uma série com vários personagens do Hip Hop Brasileiro. Conduzido por Samuel Porfirio, o programa mostra novos e velhos sons, a rotina, opiniões e o trabalho dos artistas entrevistados. Em destaque muitas vezes por suas interpretações melódicas de músicas do Racionais e Facção Central, por exemplo, Yzalú falou sobre sua paixão pela Cássia Eller, Sabotage e a regravação de “Cabeça de Nêgo” com clipe, a possível releitura de sons da Dina Di, seu próprio DVD e muito mais. “Na verdade, um dos objetivos também é esse [divulgar o Hip Hop pra pessoas que não costumam ouvir Hip Hop]. Do cara que tem um preconceito em relação ao (…)

Fala mais

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com