Na última quinta-feira (18), o Grupo OPNI disponibilizou mais um episódio da série que tem levado grandes nomes do Hip Hop à galeria a céu aberto criada na Vila Flávia, em São Paulo.

Assista a todos episódios da série “Grupo OPNI convida”.

Neste quinto episódio, Emicida colou pra conhecer o muito bem ilustrado espaço e trocar uma ideia sobre a importância do que foi feito ali e sobre periferia num geral.

“Eu acho essa ideia de vocês aqui revolucionária. Eu nunca vi isso aqui em lugar nenhum no mundo. […]. E não é por maldade, não é porque vários artistas não sentem a sensibilidade da quebrada pra reconhecer a arte. É porque às vezes é difícil nadar contra a maré”, comentou ele sobre o projeto.

“Bagulho que é da hora, nós acha que é pros boy; só porque o bagulho é bonito. Nós acha que os irmão daqui não merece um bagulho da hora. Aí, nós têm que fazer um outro trampo porque, mano, a partir do momento que nós conseguimos ver um bagulho da hora e mostrar que nós conseguiu alcançar isso, começa um outro trampo, que é mostrar pros nossos irmãos que é possível, que esse bagulho é pra eles também, que a história tá errada, não é nós que tá errado”, completou.

A galeria a céu aberto faz parte do “Favela Graffitada”, que tem como objetivo graffitar todos os muros, cantos, vielas e casas.

Originalmente nomeados “Objetos Pixadores Não Identificados”, o Grupo OPNI é atualmente composto por Toddy e Val. Além dos projetos na quebrada natal, também já fizeram artes em parceria com rappers, comerciais e até filmes.

 

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*