Na última segunda-feira (27), Naan lançou o clipe da música “2710 (Agradece)”, que contou com a participação do Liink e a edição do Felipe Gaspary.

De acordo com o rapper, o som “é realmente um agradecimento e um desabafo sobre o que foi o meu ano no Rap, que obviamente está ligado diretamente a minha vida pessoal e aos meus relacionamentos”.

O lançamento foi feito no dia do aniversário do Naan, dia 27/10, não à toa o nome da música. A parada já tá virando quase uma tradição: no ano passado, na mesma data, ele lançou o EP “Só trabalhamos com verdades”.

Faça o download oficial da música “2710 (Agradece)”.

“2710 (Agradece)” tem a produção musical do Kaique Beats; a mixagem e a masterização são do Gordo, do Soldados da Pista.

Abaixo cê confere a letra da música:

Há mais ou menos 1 ano eu me joguei nesse mundo do Rap
Notei que valorizam zonas, rodas, ceps
Mas não adianta ser tão bom e fumar beck
Se tu não tiver conhecimento, tu não vai ser nada no mundo do Rap
Mundos a parte fiz mais arte que criança bagunçeira
Trampei de segunda a segunda-feira
Em meio a tanta baboseira
Felicidade ainda é a tapioca do domingo da rua da feira
Fiz meu nome nascer, minha família crescer
Sonhar não é pensar, é fazer!
Se é a porra da grana que dita o mundo eu
Vou ganhar o máximo que dér pra eu ser o que eu quiser ser
Me apaixonei por umas mina maluca, errei e pedi
Desculpa, são coisas que o mundo manda
As duas últimas achei que ia casar, mas
Pra me contrariar hoje eu nem sei por onde anda
Entendi que o amor é lindo, é sempre bem-vindo
Em qualquer época do ano
Mas nunca mais direi que amo uma mina em vão
Só amo minha família e meia dúzia de manos
Amor é o que vem de dentro, coisa pra vida toda
Paixão é coisa de momento
Então minha filha, assimila essa trilha
Se eu odeio explicar gíria, imagina sentimento?

REFRÃO (Liink)

Nasce um novo ano, nascem novos planos e o que passou passou
Nascem novos dias, novas alegrias, quem hoje sorri já chorou
Mundo materialista, nada se conquista, quero ser feliz também
Tempos de mudança, o sonho de criança não vai ficar pro ano que vem

Nada nos impede de sorrir
Sofrer né onda, muito menos se punir
Os faladores falaram e eu nem ouvi
Porque tava na Caverna com AKG no ouvido gravando essa daqui
Então deixa pra lá, deixa eu curti, deixa eu sair pra me diverti
Porque no início do mês quando as contas chegam ninguém ta aqui
Sei que meu sorriso ofende, a maioria não entende
Que o segredo do sucesso profissional é o conhecimento do que você vende
Já fui iniciante, já batalhei bastante
Hoje só dou importância pra quem é relevante
Toquei seu coração, vou tocar na sua cidade
Vou ser protagonista, há tantos coadjuvantes
Daí a grana vem, um monte de amigo vem
Nem sei mais quem é quem, falta o que o peito pede
Quando o luxo e o superficial, se tornam essencial
A essência se perde
2710, liga nóiz, quero ouvir a sua voz,
Telefone de emergência
Esse número é tipo a vida, você não sabe o final,
Até que se decrete falência
Faliu falou, foi falar e nem voltou
É o Rap mudou minha, viu doutor?
Antes de falar algo, presencia o nosso show
Minha presença de palco fala mais alto que seus flow, HOW!

REFRÃO (Liink)

Nasce um novo ano, nascem novos planos e o que passou passou
Nascem novos dias, novas alegrias, quem hoje sorri já chorou
Mundo materialista, nada se conquista, quero ser feliz também
Tempos de mudança, o sonho de criança não vai ficar pro ano que vem

Só tenho a agradecer por mais um ano, por cada conquista, por cada passo dado, por cada roda

cultural, cada casa de show que a gente colou, certo?! Cada coração tocado
Somos pequenos perante nossa imensidão mano e gigantes perante seres com o pensamento fútil.
Obrigado família! Obrigado Rap, por me manter são, meio a tantos falsos loucos

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*