Black Alien nunca pareceu tão em paz consigo mesmo como nos últimos meses que marcaram oficialmente sua volta aos palcos e lançamentos.

O rapper, que se prepara para lançar “Babylon by Gus Vol.2“, conta à Noize que ficou um tempo no litoral paulista, “mais perto da natureza, em contato com o mar, dei umas voltas de skate” e que desse rolê saíram quatro músicas já prontas.

Além da continuação de seu primeiro disco solo, Black Alien também irá a Jamaica gravar um disco numa pega mais reggae. “A gente pretende ir em março do ano que vem pra lá”, disse na mesma entrevista.

É provável que este seja o EP “Palavras do terceiro mundo”, que ele teria revelado à Rolling Stone Brasil, com possíveis participações de M.I.A., Seu Jorge e mais.

Possibilidades do futuro deixadas de lado, é no presente que o rapper tem podido mostrar essa transformação. Celebrando os 10 anos do clássico “Babylon by Gus” com vários shows especiais, ele conta que decidiu mudar suas apresentações para evitar brigas e qualquer outra violência.

“Depois que eu escrevi minha primeira música de amor, em 2004, eu só tive uma ou duas brigas no meu show. Antes, na terceira música, a porrada já comia. Era só música de ataque, e resolvi mudar isso”, revelou. “Além disso, nunca termino com música agressiva, mas com música de amor, pro jovem não sair do show inflamado e querer causar, porque o rap é uma música agressiva por natureza, e se ele sair inflamado do show, pode arrumar confusão na rua.”

Vi no Noize e recomendo que leiam a entrevista completa.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*