Chuva em São Paulo é algo comum. É a terra da garoa. Mas, na última quinta, o bagulho foi diferente.

Conhecimento num show de RAP é algo comum. Para muitos, a “revolução através das palavras”. Mas, na última quinta, o bagulho foi diferente.

Se já não bastasse Renan Inquérito, EmicidaFlora MatosRaelRAPaduraDon L e Opanijé num mesmo show, Marechal ainda quis inovar.

O carioca resolveu fazer o RAP da chuva… de livros. Mais uma ação do seu Projeto Livrar, que já completou mais de mil exemplares distribuídos em eventos.

Tudo isso com entrada gratuita, no SESC Campo Limpo, em São Paulo, na festa “Cada canto um RAP, cada RAP um canto”.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*