Duvido que o Racionais tenha se inspirado na cultura “B-Style” ao escrever a música “Negro drama”, mas as coincidências são enormes.

Na verdade, tudo que o grupo paulistano canta no som pode ser visto aqui mesmo no Brasil, entretanto, com a força cultural existente no Japão, não é de se esperar que eles levariam para um outro nível.

Os manos e as minas do oceano pra lá criaram uma subcultura chamada “Black life-style” (“estilo de vida negro”, na tradução livre), mais comumente chamada de “B-style”. O que querem? Ser negr@s; negr@s estadunidenses, pra ser mais específico.

Não sei se el@s ainda colam posters do Tupac, mas com certeza imagens de 50 Cent, Lil’ Wayne, Nicki Minaj e afins devem pintar as paredes de vários quartos.

Além da paixão pela cultura negra, eles fazem até sessões de bronzeamento artificial! E isso em um país em que a pele branca é quase que um item sagrado.

De acordo com integrantes da B-Style, a pele negra não só @s deixa com uma aparência mais saudável como também permite que combinem outros tipos de roupas e estilo.

Segundo a fotógrafa Desiré van den Berg à Vice, hoje a subcultura em questão é pequena, quase imperceptível nas ruas, sendo encontrada só por aqueles que realmente a procuram.

Particularmente, defendo que todos deveríamos buscar uma maneira de nos aceitarmos e sermos felizes da maneira que somos. Entretanto, também defendo que o nosso maior objetivo em vida é a busca da felicidade e que tudo é válido para alcançá-la, desde que não prejudiquemos a busca de outr@s.

Entretanto, não posso deixar de notar: filh@s de Hiroshima e Nagasaki querem ser estadunidenses, ah, que ironia!

Com informações do Hypeness.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*