Nesta sexta-feira (16), Amiri lançou a música “Vida de negro…”, que contou com a produção musical do DJ Latif.

Assim como no ano passado, quando participou da música “Lei Áurea”, do Zap-san, lançada exatamente quando esta completou 125 anos de sua sanção, o rapper voltou a debater o racismo. Neste caso, 3 dias após a data exata (13 de maio).

Embora exista tal “coincidência” das datas, Amiri explica em sua página no Facebook que, na verdade, o som surgiu “diante a repercussão que (mais) alguns casos envolvendo racismo e questão racial tiveram aqui nas redes sociais” e também por causa da “urgência que cremos que essas questões mostram, cada vez mais”.

Como ele mesmo referencia na letra, a campanha “Somos todos macacos”, que já foi criticada de todos os jeitos, principalmente pelos rappers brasileiros, é o grande foco dos versos, mas ainda sobra um pouco pra Raquel Sherazade e o preconceito das políticas do Estado.

“Vida de negro…” ainda conta com colagens da música “Retirantes”, do mestrão Dorival Caymmi; a mixagem é do próprio DJ Latif e a masterização de Marcílio Gabriel.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*