Nesta terça-feira (29), Zap-san disponibilizou uma nova versão da música “Frases”, que contaria com a participação de Projota e foi pivô de uma briga entre os dois.

Sem os direitos autorais para as cópias físicas, Zap-san cortou a participação do colega e incluiu alguns versos sobre o caso; o CD “A importância disso” vai sair.

Leia mais:
– Depois de invadir palco, Zap-san explica briga com Projota;
– Zap-san lança combo de clipe e CD “A importância disso”.

O mais interessante é que o som tem tudo a ver com o caso, pelo menos no ponto de vista de seu criador. Afinal, ele fala sobre as “palavras em vão”, palavras que não significam muito, que é o que ele acusa o outro: tratá-lo como parceiro quando precisa de algo, mas de não honrar isso quando é o contrário.

Em seus novos versos, Zap-san chama Projota de Judas, de general, visto o “exército” enfrentado para chegar até o rapper e afirma ter visto sua vida dividida em duas frases: “‘Diga não a violência’ e a ‘Nunca leve desaforo pra casa'”.

Abaixo cê confere os novos versos da música:

Eu deixo frases, mas só dizer frases
não significa que tu tem caráter
nem hombridade, 
pois pisar no sonho de quem tá por baixo isso sim pra mim é ser covarde
minha revolta nasce ali entre os
descasos e pouco caso desse Judas e me tratou pior que o SUS
em troca de interesses vão na causa 
dinheiro e porcentagem em pauta
Frases de clausulas
que falta a explosão a válvula
do senso do equilíbrio, um descontrole emocional
sozinho contra o seu exercito, general
vi meu olho lacrimejar, lágrima escorrer
e a honra em mim me cobrando pra resolver
minha vida entre duas frases, parça
A “Diga não a violência” e a “Nunca leve desaforo pra casa”

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*