Depois que o jogador Daniel Alves, do Barcelona, comeu uma banana atirada por um torcedor no meio de uma cobrança de escanteio, a Internet inteira se juntou em uma ação contra o racismo.

Liderados, a princípio, pelo colega de equipe, Neymar, todos mandaram mensagens de apoio utilizando a tag “#SomosTodosMacacos”.

Quer dizer, quase todos. Boa parte dos rappers brasileiros se mostraram contra a ação. Não contra a atitude de Dani Alves, mas contra a expressão utilizada para propagá-la.

A tag, que a princípio defendia que todos somos iguais e, mais especificamente, todos comemos bananas, então todos nós deveríamos ser macacos, não caiu bem.

Emicida, que foi um dos primeiros a se manifestar contra e foi seguido por vários outros, publicou uma série de tuitadas questionando a “brincadeira”. Max, do DMN, mudou de ideia e desaprovou a campanha usando até uma brincadeira da própria Internet para criticá-la.

Entretanto, há quem pense diferente. MV Bill parece ser um desses. Em março, ele promoveu a “Semana do Macaco”.

Além de mudar a foto de seu perfil para a de um macaco com pelagem branca, defendendo que eles, assim como os humanos, existem em diversas cores, Bill também foi a um programa de TV falar sobre a movimentação.

ATUALIZAÇÃO: sobre este caso específico, Bill postou: 

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*