Na edição de dezembro/2013 do Boletim do Kaos, Alessandro Buzo, criador do informativo, reproduziu na íntegra uma entrevista com o Dexter.

Entre os assuntos que já nos acostumamos ver o rapper responder, como os anos de cárcere e os seus quase 3 anos de liberdade, também tivemos algumas novidades principalmente sobre seu novo CD, intitulado “Flor de Lótus”.

“Flor de Lótus é uma flor que só nasce no lodo. Metaforicamente, me vejo como uma flor de lótus, assim como vejo também todos aqueles que tiveram grandes chances de serem apenas mais um e se tornaram um a mais”, explicou.

Depois de afirmar que o DVD do show em homenagem à sua liberdade viria antes do CD, Dexter comentou as previsões:

O CD vem até o meio do ano de 2014. Algumas músicas que estarão inseridas no CD já estão na Internet [“O destino do reú”, “Eu amo você“, “Tô de volta“], porém a maioria está muito bem guardada e sendo feita com muito amor, carinho, respeito e responsabilidade. Tenho certeza que será um grande trabalho.

Confira o Boletim e leia a entrevista na íntegra.

O rapper ainda comentou sobre a proibição da PM a eventos seus em Botucatu, São Paulo, sua passagem por Portugal e o que pensa sobre a relação entre o RAP e os grandes veículos de mídia no país.

Muito conectado à parte do gênero mais contestadora e politizada, Dexter aproveitou a oportunidade para revelar não só uma entre as participações, mas também as temáticas que o CD deve tratar:

Quanto aos novos trabalhos, a essência será a mesma, porque ainda vejo as mesmas coisas. Claro que mudanças aconteceram, porém ainda são poucas. Teremos algumas participações que pra mim serão mais que especiais, entre eles meu irmão, meu parceiro, Edi Rock. Aguardem…

“Flor de Lótus” é um dos CDs mais esperados do RAP Brasileiro em 2014.

Vi no Boletim do Kaos.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*