Neste domingo (15), Criolo e sua equipe tiveram que esclarecer mais uma polêmica criada pela mídia de massa envolvendo seu nome.

De acordo com o Estadão e, mais especificamente, com o jornalista Julio Maria, o rapper teria não só “atropelado” o show de Stevie Wonder no Circuito Banco do Brasil, na noite anterior, como também o feito de propósito ao “prolongar o show sem avisar”.

Mais do que isso, o jornalista trabalha toda a ideia de que o cantor estadunidense teve que “superar” Criolo, que “incomodava” os presentes com o volume de seu show. Com “sutileza”, a matéria coloca toda a culpa do acontecido no rapper, como se ele tivesse a intenção de causar mesmo (“Mesmo ouvindo o show de Stevie, o rapper levou seu show até o final”, escreveu).

Entretanto, a equipe do Criolo teria entrado em contato com a própria assessoria do evento que afirma ter informado ao jornalista do Estadão que teria sido Stevie Wonder quem subiu ao palco adiantado.

“Nossa apresentação já havia corrido exatos 45 minutos dos 50 que tínhamos em contrato. Mesmo assim, teríamos interrompido o show se tivéssemos sido avisados, o que não aconteceu. Essa responsabilidade cabe a produção do festival e por isso, não temos absolutamente nenhum controle quanto a organização de horários dos dois palcos”, esclareceram. “Jamais teríamos a intenção de prejudicar o espetáculo de qualquer artista, muito menos de uma lenda como o Stevie Wonder”, afirmaram após se declararem fãs do cantor.

O evento aconteceu no Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo; Criolo se apresentou no Palco Brasil, dedicado às atrações brasileiras, e Stevie Wonder no Palco Principal.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*