Na próxima quinta-feira (31), o Elizandra Souza e Carmem Faustino lançam o livro “Pretextos de Mulheres Negras”, na Ação Educativa, em São Paulo.

A antologia contou com a participação de 20 autoras de São Paulo, Queen Nzinga Maxweell, da Costa Rica, e Tina Mucavele, de Moçambique; o projeto gráfico é de Nina Vieira e ilustrações de capa e homenagem feitas por Renata Felinto.

Em quase 140 páginas, o livro apresenta as subjetividades e autorrepresentações das autoras, destacando a presença e a força da mulher negra em toda sua luta diária e sua cultura, muitas vezes esquecida.

“Temos a intenção de religar os nossos vínculos ancestrais e também escrever a melodia dos nossos próprios ritmos”, comenta Elizandra Souza.

“Pretextos de mulheres negras” é parte das ações do coletivo Mjiba e foi também inspirada no livro “Oro Obínrin – 1º Prêmio Literário e Ensaístico sobre a Condição da Mulher Negra”, de 1998.  O volume é também uma homenagem à escritora Maria Tereza (em memória).

Vi no Noticiário Periférico.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*