Na última segunda-feira (15), o Caos do Subúrbio lançou a música “É o RAP” com a participação de Raphão Alaafin e beat do Heron.

Nas palavras dos próprios artistas envolvidos, o som “propõe uma viagem divertida ao universo hiphop ao apresentar a influência do rap enquanto música, cultura e segmento social”.

Faça o download oficial da música “É o Rap”.

“É o RAP” é o primeiro single do EP “Caixa de Pandora”, que tem previsão de ser lançado ainda em 2013.

Abaixo cê confere a letra e o download oficial da música:

Letra:

Refrão:
O que ki a maloka qué curti? … Eh o Rap!
O que ki us menino tem ki ouvir?… Eh o Rap!
Num eh forjando, nem blefe, nois conhece us muleke
Escuta o rap… e logo se atreve.

Gegê Caos:
Eh nus cara de lata, nas rua, nus busão
Eh uma só verdade, intenção da cidade até o fundão
Homens, moças, meninos , querem mais ouvir o rap
Ter o estilo rap, pop, under, gangsta, Boom Bap
É nois na rua, nois na fita, não importa o rap é gueto
Envolve o batidão e mete o pé no desespero
Vamo tá, sempre acá e lá, firme em todo lugar
(Caos) pronto pah contaminar

Eliabe Caos:
Reforça no som, segue a missão é pelo caminho sem ambição
Quem ta no mundão tem a visão junta com nois que tem solução
Estoura os bumbo mete os caixas, encaixa na rima e vai pra batalha
Entrelaça e lasca, juntas as lascas, tudo é preciso como navalha
Subúrbio no caos no lamaçal desde a cultura que vem do varal
Nos quintal é os tal, como no sal, uma região abissal
Vivendo a vida sentido a brisa do som é mais do que dom é trabalho bom
Bom, bom, bom… vagabundo não perde o tom

Refrão:
O que ki a maloka qué curti? … Eh o Rap!
O que ki us menino tem ki ouvir?… Eh o Rap!
Num eh forjando, nem blefe, nois conhece us muleke
Escuta o rap… e logo se atreve.

LuizPreto:
Lembro dos fim de semana e das BL pra fora
Hoje a pancada eh nas caixinha com cartão de memória
De antes até agora eh o batidão que vigora
Alguns, eu sei, virou moda, quem num virou tá na história
Eu já fiz rima nos disco “ Base for DJ”
Hoje us muleke manda beat para o Dr. Dre
Evolução meteórica, rap autodidata
Só num pode ramela, pra quem paga de suástica

Raphão Alaafin:
Troque a lente, foque a frente
Qual é o QSU? não tem QRU tenente
Nesse mocó não tem pó, só rap quente
E o Raphão não é o melhor só diferente
Tem B.O. só no vulgo do Max
Vou pela Z.O como Hermeto Pascoal no sax
É tipo poropopó em Nagoya
Minha rima tá nas paranga, nois vai criando nóia

Refrão:
O que ki a maloka qué curti? … Eh o Rap!
O que ki us menino tem ki ouvir?… Eh o Rap!
Num eh forjando, nem blefe, nois conhece us muleke
Escuta o rap… e logo se atreve.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*