No último dia 8, a revista Trip publicou em seu site uma lista de músicas de protesto escolhidas por artistas da música brasileira.

Por parte do RAP Brasileiro, podemos destacar Karol Conká, uma das artistas escolhidas para apresentar suas escolhas. A curitibana que recentemente lançou seu primeiro CD escolheu:

“Strange Fruit” (Lewis Allan, pseudônimo de Abel Meeropol) – Mesmo não falando inglês, sempre soube do que esta música falava [do enforcamento de homens negros nos EUA], pela dor e verdade na interpretação da Billie Holiday.

“É” (Gonzaguinha) – A primeira música que eu escutei e prestei atenção com um olhar crítico e político quando criança.

“Get Up, Stand Up” (Bob Marley)  – A música é do rei e é inspiradora. Fala sobre não aceitar a opressão de qualquer religião.

Outro destaque para o RAP Brasileiro veio de Jorge du Peixe, do Nação Zumbi, que escolheu “O homem na estrada”, do Racionais MC’s, como uma de suas músicas de protesto favoritas. “Clássico seminal do cronista Mano Brown  e seus comparsas, com rimas de língua afiada  e mira certeira, mostrando as mazelas do homem comum numa sociedade injusta”, comentou ele.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA AQUI.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*