No último sábado (30), Daniel Garnet e PeqnoH lançaram a música “Sem blefe“, com produção do DJ Short.

Letra:

PeqnoH

Sigo sem blefe não é BlackJack
no jogo do clapback
do tempo que o snapback
não era moda aqui
Era o sonho de uns moleques
Uma calça da drop dead
um BOOM BOOM CLAP
e um caminho a seguir
Os meninos do rap cresce
quem não ama enfraquece e esquece
Se ilude com o cash (cash)
quem mandou se iludir?
Sempre vejo outro flash (flash)
Na direção de outro blefe (blefe)
Tenho um rápido flashback
de quantos já vi cair

AQUI
nessa vida quem não ama não soma
Beija a lona no auge e depois entra em coma
vivo com o mesmo sentimento do inicio
fazendo amor com a arte e não corrompendo o ofício
E por mais que seja difícil, vejo o homem que sou
e devo tudo o que sou a cultura que me salvou
também quero vender discos, viver disso, só fazer isso
Mas quero também honrar o compromisso

Por isso se eu não pareço com o MC que você ama,
É que eu não confundo RESPEITO com FAMA
Vagabunda com dama, diamante com lama
Somos os mesmos na euforia ou no drama
Inflama
Não é a fumaça, somos a chama
Cê reclama
Mas sua postura te difama
É um jogo sujo, e eu não fujo
Enfrento
Só um aviso você não é maior que o movimento!

Refrão
“NÃO SE CORROMPER PRA NÓIS JÁ É VITÓRIA”

Daniel Garnet

Dane-se técnica, métrica, fonética
Dou os três pra ter de volta a poética
Rap é só rima e flow, é mesmo? Tem certeza?
Uns até tem a levada, mais já não tem a leveza
Que pena, ou melhor, que pluma
Que escrevem clássicos, não esses hits tão densos quanto espuma
Não entendem, não devo explicações a vocês
Que dizem que eu falo difícil e ouvem rap em inglês

Todo mundo tem contas né, business são business
Nesse meio tem as putas né, pussyness são pussyness
Quem paga mais goza mais, dickness são dickness
Jogo de aparências né, fitness são fitness
Eles dizem que juram que tem muita influência
Com o microfone na mão não tem nenhuma fluência
Nem para fazerem merda tem alguma inteligência
Por isso não fazem merda, no máximo flatulência

Por isso eles cantam apenas em seus banheiros
Não sabem o que é resistência, a não ser a do chuveiro
Até brilham, artificialmente igual farol
Não tem naturalidade e nem calor como o sol
Falar sobre as tendências: não tem necessidade
Tudo que sobe desce, é a lei da gravidade
Se você não compreendeu a gravidade dessa lei
É pq não entendeu nada do que eu falei

O que você oferece já não me deixa pasmo
É excitante e momentâneo como se fosse um orgasmo
É a verdade nua, saiba o que fazer.
Não fode o jogo se não vai direto ao ponto “G”
Os que eram sangue bom tão na hemodiálise
Os caras dos rap loko tão na psicanalise

Vocês só dão bola fora, somos a bola da vez
Vocês são donos da bola, e o gol a gente é quem fez
Voltar no tempo não dá, sei que é insensatez
Por isso trago de volta o tempo bom pra vocês
Não serei repetitivo, Peqnoh já deu a dica
Dessa vez até passa, só que o movimento fica

Refrão
“NÃO SE CORROMPER PRA NÓIS JÁ É VITÓRIA”

Não perca mais nenhum post!

1 Comment

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*