Capa Orquestra Simbólica - Shawlin

Depois da ansiosa espera, finalmente a obra-prima se completa. Pra falar mais diretamente do disco, vale a pena começar com o que o próprio Shawlin tinha como intenção. De acordo com uma entrevista publicada no ClicRBS, o rapper define assim:

A intenção era retratar a condição humana, termo cunhado pela filósofa alemã Hannah Arendt para explicar, através de níveis, a forma como o homem muda o meio e o meio muda o homem. Com base nisso, tentei retratar o círculo vicioso da era moderna, como o excesso de materialismo, a inconsequência do hedonismo tão veladamente difundido e tudo o mais que poderia surgir ou entrar em contato com a vida de uma pessoa hoje. A sequência das faixas pode ser explicada ora por uma mudança de fase do personagem, ora por uma conclusão ou efeito do que foi passado na faixa anterior.

A partir disso, podemos tirar nossas próprias conclusões sobre a produção. O primeiro destaque, até pelo nome do cd, é o instrumental. Não tem como não notar, os instrumentos e beats carregam os sons!

Claro que o nome “Orquestra Simbólica” não vem só disso, mas a força dos instrumentais e a própria semelhança de sons com uma orquestra em alguns momentos fazem a conexão.

Agora, aprofundando-se mais nos sons, convenhamos, Shawlin é um monstro. Ele manda aquele flow monstro, sem perder em nenhum momento a qualidade da letra, e encaixa nas mais diversas batidas que compõem o cd.

Com “O mago“, ele abre pedindo a mente do ouvinte emprestada, pra quebrar as barreiras que as limitam. Mas, nem precisava, pois o flow insano e o destaque às batidas deixaram as faixas bastante envolventes e tomam a nossa mente de assalto.

São 20 faixas, então fica complicado falar de cada uma, mas não podemos deixar de dar alguns destaques como um todo. Aliás, já falamos individualmente de alguns sons em outras postagens: da participação “extraterrestre” do Black Alien, em “Reza forte“;  da música que dá nome ao cd, “Orquestra Simbólica“; da música da quebrada e segundo clipe do rapper, “A área“.

Pra completar a mensagem dos sons e do cd, Shaw utiliza algumas passagens de filmes, como “Tropa de Elite 2” e  “Frankstein“. Conta também com a participação de Renato Biguli, Juju Gomes e o mestre Luiz Melodia na parte vocal.

Claro que o fato de ter sido o primeiro clipe do rapper e lançada bem antes do cd sair por completo contribuíram para a música “Coração” ser uma das mais conhecidas. Mas, além disso, a própria música chama muito a atenção. Ela fala do coração e assim, por tabela, do sentimento, do amor pela parada; das atividades do dia a dia para aquelas que realmente fazem a diferença.

Pessoalmente, acho a música “Malditos Políticos” a mais inteligente do cd. Shawlin se coloca como presidente e, de forma irônica, comenta os atos criminais dos nossos políticos. Sempre que um rapper se posiciona dessa maneira em música, já é ótimo. Com criatividade e qualidade, é destaque!

Por fim, Shaw termina o cd de forma maravilhosa. Maravilhosa não, linda! “Algo lindo” não poderia ter um nome melhor. A música tem uma letra de tirar o chapéu, além de um flow e batida insanos. Ah, ainda tem Luiz Melodia com uma participação monstruosa. Dizer que fechou o cd com chave de ouro é pouco…

 Orquestra Simbólica – Shawlin

01. Intro – Mov. I – Apresentação
02. Intro – Mov. II – A Orquestra Começa – O Mago
03. Intro – Mov. III – Nasce o Vilão – Criando Monstros
04. Cotiano I (O Início) – A Área [Prod. Papatinho]
05. Réquiem para mocidade (A Caixa) – Homem é Crescer (Part. Juju Gomes)
06. Cotidiano II (O Meio) – Coração
07. Sonhos de; Futuro – Na Saga [Prod. Dario]
08. Sonhos de; Grandeza – Aliança Pt. 3 [Prod. Damien Seth]
09. Estudos para Pessimismo e Piano – O Teatro dos Corruptos
10. O Maestro – Orquestra Simbólica
11. A Fé – Reza Forte (Part. Black Alien)
12. Noturno – Cidade das Luzes
13. Sonhos de; Justiça – A Revolta (Part. Renato Biguli)
14. Op. 171 – Malditos Políticos [Prod. DJ Caique]
15. Prelúdio para Ego e Determinação (O Vilão Diz) – Passos Firmes
16. Pausa para Luxúria [Prod. Cabes]
17. Hedonismo e Fuga – Viver, Zoar, Amor (Part. Juju Gomes)
18. O Etéreo – Sob Controle
19. Cotidiano III – (O Fim) – As Verdades Pt.2 (Part. Juju Gomes) [Prod. Vina]
20. Finale – Algo Lindo (Part. Luiz Melodia) (Faixa Especial)

*Quer o download? Shawlin disponibilizou o cd inteiro para download assim que foi lançado. Entretanto, já o tirou do ar. De acordo com o rapper, ele será disponibilizado de tempo em tempo. Para saber mais, fique atento ao twitter dele!

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*