Pode chamar o seu pai, sua mãe e o seu avô e diz pra eles que o RAP Brasileiro, mais do que nunca, está de volta. Para contar a história do guerrilheiro Carlos Marighella, Racionais MCs lança o clipe da música “Mil faces de um homem leal“, que integra a trilha sonora do documentário “Marighella” e estará no novo cd do grupo.

Não, não queremos criar intrigas sobre o momento do RAP, até porque estamos vendo muito progresso acontecer. Entretanto, quando você vê o maior grupo do gênero voltar a gravar e fazer algo tão bom, o sentimento é diferente. Assim como Marighella fez com o Brasil, o Racionais fez com o RAP Brasileiro: tomou a cena de assalto, literalmente!

Racionais e Dexter em clipe "Mil faces de um homem leal"

Você nem precisa ouvir a música, é só saber de quem se trata e quem vai fazê-la pra saber que algo pesado vem por aí. E veio. Vezes mil. Como dissemos na postagem sobre a gravação do clipe, “a história do Mano Brown, das músicas do Racionais, é tão forte que ao ouvi-lo falando sobre a ocupação e o governo, fica difícil discordar”.

Aliás, muitas das imagens do clipe foram gravadas em uma ocupação sem-teto, no centro de São Paulo, que estava por ser desocupada. Isso reforça ainda mais a cara de contestação, de luta pelo povo, tanto dos produtores do documentário, quanto do próprio Racionais. Não teria grupo melhor pra gravar o clipe…

Bem feito; louco; pesado; foda! Estas são algumas poucas palavras pra descrever o clipe. Da ótima presença do Dexter até a monstruosidade de colocar os próprios artistas como atores, perfeito. Não à toa será feito um documentário, pois a produção é de cinema mesmo. O clipe poderia, muito facilmente, ser usado como trailer do filme.

A mistura das fotos antigas e reais com a encenação do clipe foi muito bem encaixada; o término com a morte de Carlos Marighella foi bem colocado; sério, estamos falando aqui do provável “Melhor Clipe do Ano”, independente de ganhar prêmio ou não.

A volta do Racionais em um momento tão importante e com uma mensagem tão grande, merecia um clipe nesse nível. Hoje, mais do que nunca, o RAP dorme feliz.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*