Sai pra lá, bicão. Sai pra lá, mané. Vê se desaparece! Com orçamento baixo, mas muito humor e irreverência, Mamuti lança o clipe da música “Celular de Última Geração” e faz uma crítica direta aos “amigos” folgados e inconvenientes. A produção do vídeo é da Coisa Simples Produções.

Das batalhas de rua e campeonatos de freestyle pro mundão, Mamuti chega com força total no seu segundo clipe. Em setembro, o rapper já havia lançado o clipe de “A cena“, que assim como “Celular de Última Geração“, também compõe a EP “ZeroOnzeEP“.

Convenhamos, a música pode falar explicitamente do tal celular de última geração e do dono dele, mas não é exatamente essa a mensagem. A mensagem é um pouco mais ampla, principalmente pros moleque de hoje em dia que não fazem nada, não correm por nada, mas ficam se pagando pela rua com celular, tênis ou qualquer outra coisa de marca, mas que, além de isso não significar nada, foi um “presente” dos pais.

O beat com uma pegada mais animada daria o tom para o clipe com mais humor. Além disso, a letra é atual e muito inteligente, conseguindo envolver uma “crítica social” de uma maneira divertida. Com certeza, fez várias pessoas se identificarem rapidamente, tanto do lado chateado quanto do lado chateador.

Mamuti no clipe "Celular de Última Geração

Tem muita gente que acredita que apenas dinheiro faz uma boa produção. Talvez, você terá melhores imagens, uma melhor edição e finalização, mas trabalhar com menos recursos com certeza inspira boas e inteligentes ideias. “Celular de Última Geração” é simples e carrega uma importante mensagem de fácil entendimento. Aliás, já tivemos muitos clipes da hora que eram só câmera e rapper, mas aqueles com uma história, uma “encenação”, deixam uma marca mais forte.

O exagero na criação do personagem chato dá um toque diferenciado e vai ficar sempre fácil de lembrar. Muitos têm “amigos” que de vez em quando parecem o cara em questão e agora vão poder passar a mensagem de forma discreta, só passando o clipe. A temática da música e o clipe lembram um pouco daquela do Só Pra Contrariar, “Sai da minha aba“, alguém lembra?

Por fim, vale a pena ressaltar o destaque à “Rinha dos MCs“, uma importante batalha de MCs do Brasil, mas mais do que isso, um espaço que já faz parte da história do movimento no país. Mamuti poderia ter simulado um evento qualquer no clipe, mas ele fez uma boa referência à Rinha, lugar em que ele próprio já se destacou. É importante que os artistas façam esse tipo de “divulgação”, pois tendem a levar cada vez mais gente ao local e assim teremos cada vez mais bons nomes surgindo no nosso cenário musical.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*