Por @gqjunkes

Como explicado no post “EP 1987: a história do hip hop, por Terra Preta“, a proposta de todo o cd era transportar o ouvinte a meados de 1987, à história do hip hop e do próprio Terra Preta. Ou seja, a música “Coração de Vidro” não poderia ser diferente.

Voz, letra e base foda do Esza Doins… tem algo a acrescentar? Ah, espera aí, estilo hip hop das antigas na roupa e ginga brasileira na coreografia descolada dos anos 80, tá ligado? Puta orgulho! E eu nem preciso falar que a imagem tá com aquele jeito de época, cortesia pesadona do mestrão Toddy Ivon na direção. Enfim, um clipe que cola certinho com a intenção da EP e reforça ainda mais a qualidade da história musicalmente contada por Terra Preta durante o cd.

Ficou na curiosidade? Dá o play:

Direção, Fotografia: Toddy Ivon
Captação: Murilo Magalhães
Iluminação: Wagner Magalhães
Atrizes: Natalie Alves, Jessica Oliveira

Letra: (Fonte: Terra Preta)

Relaxe agora você está em 1987!
Prepare seu corpo pra mexer ao melhor do soul music

Como vou mentir meu bem
Dizendo que eu nunca te amei?
Tenho que assumir fui insensato
Eu assumo
Errei!
(pode crê! Eu errei)
Você me disse que agora não teria chances de retornar
Mas a distancia me fez perceber que eu vivo só pra te amar

Mesmo que esteja em mil pedaços eu vou me recuperar
(recuperar)
Sei que a saudade é muito forte, pode vir me torturar
(Me torturar, me torturar)

Sedução, magia, flashs…
Ei garota você quebrou meu coração… ao ritmo do soul

Como vou dizer que nosso caso teve um fim natural (natural)
Eu menti a maior parte desse tempo
Fui um cara do mal
(sem noção, estúpido!)
O maior medo que eu tinha nessa vida era te perder…
E é por essas e por outras que tudo pode acontecer (yeah)
Mas não se esqueça

Mesmo que esteja em mil pedaços eu vou me recuperar
(recuperar)
Sei que a saudade é muito forte, pode vir me torturar
(Me torturar, me torturar)

Ei garota aprendi com meus erros, pode vir me torturar

#vaiRAP

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*