3. “Infame (Parte 2)”, de Haikaiss, Sandrão e Shaw

Diretor: Renato Lucena e Luciano Maekawa
Álbum: 

A produção acima da média retrata a renúncia dos rappers ao glamour do terno e gravata e a adesão ao esforço diário da classe dos trabalhadores.

É a desvalorização do celebritismo pela visão de crescer como artista no aprendizado e na luta diária; melhor ainda quando se tem um integrante do RZO pra dar, literalmente, uma aula!

Se a mensagem já não fosse forte e interessante o suficiente, o bagulho também é tecnicamente incrível. Não sei se vocês perceberam, mas a parada é toda feita em uma tomada, sem cortes. Isso pode ter dado um trabalhão!

Tudo muito bem montado, muito bem ensaiado, play, vai! O trabalho foi recompensado, assim como deve ser recompensadora também a escolha representada no clipe.

P.S.: reparem no final os dois manos na porta, olhando pra dentro, esperando a parada acabar pra eles poderem trampar, rs. Ou será que eles queriam uma quentinha daquelas?

Não perca mais nenhum post!

2 Comments

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*