Nesta semana, a cidade inteira de São Paulo se torna uma grande periferia. Começa oficialmente na terça-feira (26) o “Estéticas das Periferias”, que promete levar muita cultura negra a diversos cantos da cidade.

A abertura será no Auditório do Ibirapuera com a peça “Favela”, que une o universo e a história de Carolina Maria de Jesus e Abdias Nascimento, duas das maiores referências do universo negro, que completam 100 anos em 2014 (Curiosamente, ambos nasceram no mesmo dia: 14 de março de 1914).

Entre saraus, intervenções artísticas, peças, oficinas e muito mais, as ações vão até domingo, dia 31, quando Emicida e Rael fazem o show de encerramento do evento, na Praça do Cemitério da Cachoeirinha, às 17h.

Mas, os fãs e as fãs do Hip Hop podem ficar tranquilos que tem mais coisa boa e pros variados tipos de gostos. Na sexta (29), Lurdez da Luz sobe ao palco do CEU Jaçanã, às 20h; Kamau estará no CEU Butantã, às 21; Ba Kimbuta no CEU Tiquatira, às 20h; e Crônica Mendes no CEU Paraisópolis, também às 20h.

No sábado (30), no CEU Alvarenga, rola a “Tenda de DJs e Batalha de MCs Alvarenga Rap City” com Fábio Jota, Erry-G e muitos scratches e improvisos. No domingo (31), além do show de encerramento, ainda rola um pouco mais cedo, às 14h30, a apresentação da Karol Conká, no mesmo local (Praça do Cemitério da Cachoeirinha).

Também no dia e local do encerramento, vai rolar às 16h um “Encontro de DJs”, no qual quatro artistas tocam simultaneamente e entre eles estabelecem disputas; o espetáculo de grande originalidade impressiona pela performance de cada DJ e pela harmonia do conjunto, dando a impressão de uma orquestra.

Confira a programação completa no site do “Estéticas das Periferias”.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*