Logo depois de voltar da sua terceira turnê pela Europa, Emicida já se preparava pra, em breve, arrumar as malas, trombar seu parceiro Rael e juntos irem pra África.

Por lá, fariam shows em Angola, Moçambique e Senegal; um verdadeiro sonho pra qualquer artista que se preze, visto as influências do continente em praticamente todas áreas, ainda mais quando se trata de música negra.

Mas, a realidade bateu. Na última quinta-feira (31), em comunicado oficial divulgado em sua página no Facebook, a Laboratório Fantasma, selo que gerencia as carreiras de ambos, anunciou o cancelamento de toda a turnê. O motivo, nas palavras da própria empresa, foi o “não cumprimento de cláusulas contratuais por parte do organizador dos shows”.

Notícia ruim até para os(as) fãs, que com certeza receberiam um Emicida e um Rael muito mais inspirados na volta. Parece que realmente não há muitas diferenças entre a África e o Brasil mesmo…

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*