10 anos de Rafuagi merece mais um dia 10 com clipe monstrão. Desta vez, os caras apelaram e fizeram logo um com participação do RAPadura, intitulado “Se o tempo permitir” e dirigido pela Bruna Williana.

O cearense caiu pro sul e os gaúchos não perdoaram e levaram logo num rolê entre Cambará do Sul e Guaiba, dois cenários incrivelmente fodas pra gravação do trampo.

Ainda mais quando o assunto é tempo e as possibilidades que podemos tornar reais enquanto ele estiver tic-taqueando; a brisa pode ser forte demais, cuidado.

Leia mais:
– Beatstória 7: Dwayne Fagundes apresenta “Se o tempo permitir”, música do Rafuagi com RAPadura e DJ RM;
– Rafuagi divulga capa do novo disco, “Parte do ciclo”.

“Se o tempo permitir” foi produzida pelo André Laudz, mixada e masterizada pelo Luiz Café e ainda conta com colagens do DJ RM; a faixa integrará o CD “Parte do ciclo”, que deve ser lançado em julho deste ano.

Abaixo cê confere a letra da música:

(RAPADURA)
Oxi… Oxi…
Se o tempo permitir, deixe-me fluir
Se o tempo permitir, Rafuagi vai surgir
Pro mundo inteiro aplaudir, “oxente”
Se o tempo permitir, Rafuagi vai fluir
Se o tempo permitir, pro mundo inteiro aplaudir
Se o tempo permitir, Rapadura vai surgir
Pro mundo inteiro aplaudir, hã

(RAFA)
Se o tempo permitir, eu quero descobrir lugares
Os muitos que não vi e que de fato são milhares
Se o tempo permitir eu transmitir minha verdade
Partindo da quebrada caíra a maquiagem
Se o tempo permitir seremos fonte e diretriz
Mudança no país, na música um milhão de bis, hã
Se o tempo permitir na vida que nasci
Pra rua me ouvi que a voz não deixe de fluir
Se o tempo permitir que a gente se mantenha firme
Eu falo todo time, na fé longe do crime,
Se o tempo permitir aos sentimentos bons
Que fiquem onde estão guardados no coração
Se o tempo permitir tudo ser natural,
Daremos as conquistas na moral o seu valor real
Se o tempo permitir na vida eu quero mais
Honrar a negritude e também nossos ancestrais.

Refrão (2x)
Se o tempo permitir, o mar vai se abrir,
O mundo vai ouvir, todos vão cantar assim…
Numa voz sem fim a luz vai nos cobrir
Meu verso no universo ao infinito.

Se o tempo permitir, mais que existir,
A rima do MC nunca se omitir,
O sentir que há em mim, redigir, transmitir
Resistir, construir, no ouvir, repelir, dor
Que supera-se (DOM), que conserva-se (AMOR)
Que entrega-se (SOM), que eleva-se (FLOW)
Zero cronômetros, meros autônomos
Levam incômodos, cegam quilômetros,
Quebram termômetros (HOW)
Em poucos cômodos, pregos fenômenos
Em egos crônicos, verbos atômicos, 
Envergo os cômicos (VOU)
Ver o espetáculo, do canto dos pássaros
Ir para longe dos carros e dos semáforos
Fugir pra fora dos lábios monossilábicos
Fluir coimo um ser fantástico em ventos ásperos
No, no, no, no contratempo de dentro, intenso momento, talento
Compenso esse sentimento que tenho e é tão profundo
Mi, mi, mi, minuto, segundo, oxigênio que empenho
Te, te, te, tempo retenho, mudo o milênio e o mundo (HOW).

Refrão (2x)
Se o tempo permitir, o mar vai se abrir,
O mundo vai ouvir, todos vão cantar assim…
Numa voz sem fim a luz vai nos cobrir
Meu verso no universo ao infinito.

Se o tempo permitir falar, pensar, vou lá
Chegar, pra ver, meu bom, lugar
Daqui, pra ali, vai refletir,
Brilha, surgir, pra distrair, a mente
Do que não presta, do que causa problema
Tirando os inúteis, que não somam na cena
Em passos e palcos, sorrisos e abraços
Se o tempo permitir, reforçaremos alguns laços
Escassos sentimentos, que apertam no peito
Emoções do caminho, estreito e imperfeito
Fala-se em conceito, pouco é o respeito
Mostrando a que veio expandir é o jeito
Pra, evoluir, um bom ser surgir
O que vale é valorizar, somar, não dividir
Por isso, uns não cansam, continuam por aqui
Pra te fazer pensar se o tempo permitir…

(Colagens DJ RM BRASIL)

Quem se identifica com a ideia é só chegar,
Rafuagi, viemos pra incomodar,
Quem se identifica com a ideia é só chegar,
RAPadura, viemos pra incomodar…

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*