5. “Di Gegê pra Jejês”, do Gegê

Por mais destaque que um artista ganhe em grupo, por mais que ele apareça mais que os outros integrantes, nada se compara à exposição de um trabalho solo.

Isso parece óbvio, mas nem sempre é. Não é só a questão de aparecer mais, mas sim de impor seus gostos nas músicas, produções, temáticas, etc. É questão também de ter seu nome na capa ao invés do nome do grupo.

Gegê não compôs apenas um destaque de 2013, mas ele próprio se destacou e com certeza será escutado de outra maneira daqui pra frente, mesmo quando estiver gravando com o Caos do Subúrbio.

“Di Gegê pra Jejês” é um álbum extremamente sólido, completo, com participações muito bem escolhidas e sem a necessidade de um apelo comercial. Vai de linhas inspiracionais a contestações, refrões melódicos em beats pesadões; gangueiragem da mais fina qualidade!

– Leia a publicação original do CD “Di Gegê pra Jejês”;
– Faça o download oficial do CD “Di Gegê pra Jejês”.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*