Na última terça-feira (18), Monge & Dr. Drumah lançaram a música “DepoisDasZeroHora”, que contou com a participação de Lana Black.

O som é o primeiro single de um EP de 6 faixas que o rapper e o produtor estão trabalhando em parceria, intitulado “2Pra1”.

Assim como “DepoisDasZeroHora”, o CD inteiro será gravado, mixado e masterizado pela Xeque Mate Produções.

Abaixo cê confere a letra da música:

(Monge)

De rolê pela madruga
Brindo a calmaria
Que a babilônia me roubou a luz do dia
Nem parece aquela cidade
Sitiada pelo caos
Natural como a falsa liberdade
Tipo…você pode ir e vir
Mas vai depender se algo não te impedir
Neguim
Depois das zero hora as ruas ganham novo enredo
Silêncio e falta de pessoas chegam a dar medo
Paro e reparo em algo interessante 
Sirenes de ambulância soam menos preocupantes
Ao contrário na quebrada 
Se a Sirene é da PM
Se trombar cê ta ligado que a perna treme
Não deve não teme
Sei não
As ruas tão vazias só garanto a minha intenção
Eu vou na luz
Pois na sombra é embaçado
A lua é testemunha e me mantém iluminado.

(Lana Black)

Na madrugada não sei pra onde vou
eu já nem sei quem sou
a lua ilumina a minha caminhada
a multidão se espalhou
agora eu vejo o que restou aqui
na madrugada…

(Monge)

A madrugada traz
Nova população 
Ratos e baratas se tornam cidadãos 
Eu escuto vozes
Vejo vultos
Foda
Uma pá de morto vivo e seus gritos mudos
Caixa de papelão
Se torna barraco
Debaixo das marquises humanos amontoados
Sinto o concreto frio
A noite fria
Imagina quem faz da calçada sua moradia
Grito e crio os ecos
entre prédios
A resposta é o silencio da falta de egos
O farol  do carro deixa rastro
Mas… só meus pensamentos que ficam engarrafados
Escuto a cidade respirando
Aliviada sem fumaça e pessoas sufocando
A babilônia repousa
Serena e tranqüila
Depois das zero hora se renova a vida.

(Lana Black)

Na madrugada você enxerga o que é pra ver
o dia esconde o que precisa aparecer
o frio é a resposta
da maquiagem posta
quem é que se incomoda
quando consegue se aquecer
entre o silêncio e o alívio
gritos perdidos
oprimidos 
a cada noite um desafio
na Babilônia tudo é possível de se ver
depois das zero horas
até o dia amanhecer
na babilônia… na babilônia…

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*