No último domingo (16), o Pânico na BAND exibiu uma matéria sobre a briga entre o programa e o Lobão, na qual tentam fazer as pazes com o cantor.

Ao fazer uma retrospectiva da desavença, os humoristas revelam na íntegra imagens (e o áudio) do trote feito ainda em 2013, quando se passaram por Mano Brown.

“Eu não gostei do conceito, mano. Eu acho que eu não entendi a lógica de um negócio de luta armada dentro desse contexto atual”, falou Lobão ao “falso Mano Brown”. “Agora, quero que vocês saibam que vocês me inspiraram muito. Já fiz músicas baseadas no que vocês fizeram. [“Eu já vi nego cagão, mas, olha, parabéns”, falou Bola em uma edição da matéria] Pô, te admiro como poeta pra caralho. [“Que som que você curte nosso?”, perguntou o falso Mano Brown] ‘Diário de um detento’ foi um hino pra mim”, continuou ele.

Leia mais sobre a rixa:
– CQC arranja coro de “Afinou pro Mano Brown”, irrita Lobão e cantor ameaça processo;
– Mano Brown responde às críticas de Lobão: “age como uma puta pra vender livro”;
– Em resposta a Lobão, assessoria de Mano Brown desmente ligação e show em conjunto na Virada Cultural;
– Em show na Virada Cultural, Lobão dedica música ao Racionais.

Pra entender a brincadeira, precisamos voltar a maio de 2013. Na época, o líder do Racionais havia sido ofendido por Lobão em seu livro e respondeu através do Twitter que estranhou a atitude, afirmando que Lobão nunca o conheceu além de um cumprimento quase 20 anos atrás; Brown afirmou que ele estava agindo “como uma puta pra vender livro”.

Mais tarde, o cantor, como mostrou a própria matéria do Pânico, afirmou ter recebido uma ligação do rapper e que fariam um som juntos e se apresentariam na Virada Cultural daquele ano; tudo desmentido pela assessoria de Mano Brown.

A rixa parecia ter esfriado até que, no começo deste mês, outro programa da BAND, o CQC, resolveu cutucar a ferida. Liderados pelo Ronald Rios, um grupo de “torcedores” abordaram Lobão e mandaram um coro de “afinou para o Mano Brown”, o que teria feito o cantor ameaçar processar o canal.

Até o momento, nem Mano Brown, nem sua assessoria se manifestaram diretamente sobre os casos recentes.

http://www.youtube.com/watch?v=1zSDxrLX7lE

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*