art-of-rap-Poster
Recentemente, abordamos aqui no site a origem do Hip Hop e seu compromisso histórico sociocultural, desenvolvido em meados da década de 70 nas periferias norte-americanas. Praticamente todos os manos que conhecem a raiz do movimento estão cientes que, historicamente, o Hip Hop possui uma antecedência muito forte de militância dos afro-americanos, onde ativistas como Malcom X, Martim Luther King e até o grupo Panteras Negras deixaram suas marcas na batalha pelos direitos civis dos negros e por melhorias sociais.

Frente a toda esta luta nasceu o movimento Hip Hop, e nele foi incluso o Rap, um dos quatro elementos. O documentário norte-americano Something from Nothing: The Art of Rap, ou Algo do Nada: A Arte do Rap, quando traduzido para o português, é uma produção dirigida pela lenda do  Rap americano e um dos percussores do Gangsta Rap, Ice-T, onde os diretores centram na escrita e realização dos versos de Rap de diversas personalidades importantes dentro do movimento, tentando desvendarem o que antecede a criação de uma rima, como é o processo e os que os influencia.

Como a própria produção diz, Something from Nothing: The Art of Rap não é um filme sobre dinheiro, carros, jóias ou garotas, é um filme sobre arte, sobre a arte do Rap, sobre os mais diferentes tipos de processo de criação que cercam os artistas e o que os fizeram entrar no mundo da música até ocorrer a explosão mundial do gênero.

O documentário procura entender o que se passa na cabeça dos grandes mestres e conta com a participação de personalidades como Afrika Bambaataa, Immortal Technique, Public Enemy, Run-D.M.C, KRS-One, Eminem, Snoop Dogg, Dr. Dre, Ice Cube, Mos Def, Raekwon, Treach, WC, Xzibit, Joe Budden, Kanye West, Kool Keith, Kool Moe Dee, Redman, Royce da 5’9″ e muitos outros, passando também pela origem do Hip Hop.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*