Na última terça-feira (28), Dumatu lançou a música e o clipe “Cão de guarda”, que contou com as imagens de Igor Duarte e a produção musical de Lima Beats.

O rapper, que acusa a polícia de tê-lo torturado, resolveu transformar o acontecido em letra; na semana passada, ele já havia divulgado um vídeo em que dá detalhes sobre a “sessão de tortura”.

Dumatu parece realmente não ter medo de futuras represálias, pois não poupou crítica alguma no novo lançamento. “Eu mato inocente, mas com bandido, mano, eu não mexo, não. Pois sei que, na verdade, eles são o meu patrão”, versou ele interpretando um policial.

Mesmo identificado e ofendido pelos PMs por ser rapper, ele ainda vestiu uma camiseta com os dizeres “RAP na alma” para a gravação.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*