25. “Tche Gue Die”, do Ao Cubo

Uma puta produção, extremamente diferenciada e talvez uma das mais “sem noção” do ano. Nada melhor do que um clipe tão arriscado para chamar a nossa atenção.

Leia a publicação completa.

 

24. “Gordão nunca tá só”, do DBS (part. Slow das Ruas)

http://www.youtube.com/watch?v=BhIkFgVsDiY

Direção: Alex Kundera
Álbum: Gordão chefe

Mais uma superprodução do RAP Brasileiro. Claro que as locações e as imagens são os grandes destaques do clipe, mas existe uma história por trás e a pegada meio máfia, meio gangster, consegue conectar bem com o conteúdo do som.

Leia a publicação completa.

 

23. “Filosofia de boteco”, do Haikaiss

Direção: Renato Lucena

Além de contar com participações de peso como Sombra, Xis, DJ Cia e Max B.O, o clipe carrega o estilão do Haikaiss e é entretenimento do início ao fim. Enquanto o grupo aproveita uma grande festa, os que assistem se divertem com o tom bem-humorado característico.

Leia a publicação completa.

 

22. “Transporte público”, do Rincon Sapiência

Direção: Porqueeu Filmes

O conteúdo é direto e a mensagem é importante. Pra relatar os problemas do transporte público, principalmente na cidade de São Paulo, Rincon Sapiência vai até o centro do problema e grava dentro das conduções. Tudo bem que ele escolheu uns horários mais oportunos, mas a ideia é facilmente assimilada.

Leia a publicação completa.

 

21. “Então fala”, do Tony Mariano

Direção: PH Stelzer

Tudo bem que as mídias sociais libertaram os faladores de suas correias e dá um bom debate analisar a crítica versus o respeito ao artista, mas focaremos em outro ponto do clipe por hoje: o cômico. Acreditamos que nenhum rapper em sã consciência realmente acha que a resposta para uma falação seja a violência física, por isso o humor é tão importante para esta produção. Ele (o humor) transforma a agressão exagerada em uma grande piada, deixando o clipe muito mais aproveitável sem deixar de passar a mensagem entendida.

Leia a publicação completa.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*