Aproveitando-se principalmente de muros e prédios destruídos pela guerra, Shamsia Hassani e Melina Suliman, as primeiras grafiteiras do Afeganistão, colorem as ruas com mensagens de luta e liberdade.

Se aqui no Brasil o grafite já enfrenta inúmeras dificuldades perante as autoridades, é difícil imaginar o que essas duas mulheres devem passar para conseguir colocar sua arte nas ruas.

Embora possuam estilos diferentes, as duas iluminam, de forma brilhante, o fim do túnel do país marcado por conflitos, intervenção, guerra e extremismo religiosos.

Vi no Catraca Livre.

Malina Suliman e seu grafite
Malina Suliman
Shamsia Hassani e seu grafite.
Shamsia Hassani

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*