No último domingo (8), ao ver o programa “Caixote”, da TV Câmara, que é apresentado pelo GOG, Japão, do Viela 17, publicou em seu perfil do Facebook o seu sentimento de frustração pelo corte de sua participação.

O programa, que nesta edição tratava sobre a maioridade penal, discutiu, entre o público em geral e especialistas, o tema da diminuição da idade e os projetos sociais existentes para reinserir o jovem na sociedade.

“Fiz esta entrevista, pois acreditei que por ser apresentado pelo GOG e de um assunto SUPER INTERESSANTE, eu poderia de uma forma DIRETA e DESAFIADORA deixar meu HUMILDE DEPOIMENTO, mas valeu a pena passar por isso, para notar que meu lugar e minhas ações devem ficar a cada instantes, mas distante disso tudo”, escreveu o rapper.

Leia o depoimento completo do Japão.

Minutos após o depoimento de Japão em seu perfil, sua produtora, através da página oficial, também mostrou seu descontentamento com a edição do programa.

“Com presteza e em respeito à ele [GOG] e a TV […] conciliamos as mudanças e remanejamentos de datas e comparecemos em Ceilândia para a gravação”, comentou ela sobre os arranjos necessários para que o rapper pudesse participar do programa. “Para minha surpresa ao assistir a exibição do programa vejo o artista local ser cortado, nem sequer foi citado ou apareceu com parte de sua fala”, contou.

Em meio aos comentários na publicação (do perfil pessoal do rapper, não da página), que afirmavam que situações parecidas já teriam acontecido, Japão foi questionado sobre a possibilidade de uma edição por causa do tempo de exibição e não censura, a qual respondeu, já na manhã desta segunda-feira (9): “primeiro só eu e a emissora sabemos do conteúdo da minha fala, segundo se eles achassem pesado, que avisassem pelo menos minha produção, sabendo do que falei, de que forma fui tratado, tenho certeza e convicção que fui censurado”.

– TV Câmara nega censura e disponibiliza entrevista completa com Japão, do Viela 17.

ATUALIZAÇÃO: Assim como fez na recusa ao convite da Globo e FIFA, GOG comentou o acontecido através de uma publicação no Facebook, às 14h42 desta segunda-feira.

“Em relação ao Programa ‘Caixote’ da Tv Câmara, gostaria de esclarecer que fui convidado para ser apresentador de uma série de entrevistas e aceitei o convite devido a relevância dos temas”, iniciou ele. “Em nenhum momento tive acesso ao material colhido e nem ao produto final, antes dele ser postado na internet, o que me deixa totalmente isento de responsabilidade quanto ao conteúdo final apresentado e agora disponível. O responsável por esta tarefa foi a direção do programa que deve se manifestar e esclarecer os objetivos da série”, concluiu.

Abaixo você confere o programa na íntegra:

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*