Na última terça-feira (5), uma entrevista em vídeo com o Eduardo, ex-Facção Central, foi divulgada na Internet; gravada em Santo André/SP, as perguntas foram feitas por um estudante do ensino médio, na rua.

O rapper começou falando sobre a precariedade da educação no território nacional, assunto que já levantou inúmeras outras vezes e é extensamente debatido, direta e indiretamente, através do seu livro, “A guerra não declarada na visão de um favelado“.

“Você tem uma política educacional de exclusão, de evasão educacional. Então, é um desestímulo não só pro professor que trabalha, trabalha e é proibido de fazer o aluno evoluir, como também é um desestímulo pro aluno que tá ali o tempo todo e não vê uma transformação real da vida dele”, explicou ele antes de citar problemas também no conteúdo ensinado. “Eu vejo a situação da escola brasileira praticamente em falência, assim como o sistema carcerário. Assim como em qualquer sistema aonde o dominador trabalha pra que a engrenagem justamente produza esse tipo de efeito: excluídos e emburrecidos”, completou.

A solução pra buscar o conhecimento verdadeiro, muito além daquele ensinado pelas escolas, é a literatura; livros não só contam o outro lado da história, mas também exercitam a criatividade e agregam ao vocabulário do leitor.

“Uma transformação total. Existe o Eduardo antes e depois”, conta o rapper sobre a descoberta da literatura. “Porque a informação é a chave de tudo. Você entende toda a engrenagem da sociedade; você entende a intenção do inimigo; e você enxerga o inimigo. Você acaba vendo que você tá dentro de uma situação que atende aos interesses daquele que tá administrando, do cara que tá no poder. Quanto mais você se informa, mais você consegue, pelo menos, fazer um planejamento de libertação. Você consegue se libertar e você consegue buscar não só seus direitos, mas mecanismos pra revolucionar”, concluiu.

Em pouco mais de 11 minutos de entrevista, Eduardo ainda falou sobre o governo PT, sobre a ditadura e o monopólio midiático, a saída do Facção Central e muito mais.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*