Conhecido pelo seu amplo envolvimento com a literatura marginal, além do RAP, Renan, do grupo Inquérito, leva a “Parada Poética” a espaços diferenciados, como bares, em um evento mensal, nas cidades de Nova Odessa (SP), Americana (SP) e Campinas (SP).

Entretanto, a necessidade de promover a arte e a cultura é grande e muitos outros eventos têm requisitado os “serviços”; recentemente, o evento aconteceu também no Sesc de São Carlos (SP) e na 5ª Jornada Literária em Araçatuba (SP), onde percorreu escolas e unidades da Fundação Casa.

“Nossa proposta é apresentar a poesia como algo acessível a todos, despida de qualquer conotação cânone ou acadêmica. O objetivo é popularizar a palavra, a escrita e a leitura de maneira lúdica e compartilhada”, contou o rapper em publicação do blog do grupo. “A oportunidade de levar a Parada Poética até as escolas durante um evento de juventude é muito gratificante e casa justamente com o que queremos fazer, que é estabelecer o diálogo entre as artes, a cultura, a poesia e a população”, comentou sobre a apresentação que será feita na 4ª Semana Municipal da Juventude, em Santa Bárbara D´Oeste (SP).

A “Parada Poética” consiste, basicamente, em chamar a atenção do público através de um megafone e, além de o artista declamar seus versos, convidar os presentes a também o fazê-lo.

No evento em Santa Bárbara D’Oeste, o grupo Inquérito ainda fecha as apresentações com show.

Não perca mais nenhum post!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

*